Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Spotify vai ficar mais caro de novo este ano, diz site

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 03 de Abril de 2024 às 13h59

Link copiado!

Reet Talreja/Unsplash
Reet Talreja/Unsplash
Tudo sobre Spotify

O Spotify deve aumentar o preço das assinaturas Premium em alguns mercados selecionados até o fim de abril, com reajustes de US$ 1 a US$ 2 (cerca de R$ 5 e R$ 10, respectivamente) por mês. A informação é do site Bloomberg.

Inicialmente, a medida afetaria cinco mercados principais, incluindo Austrália, Paquistão e Reino Unido. Outra mudança de preço também está prevista para assinantes nos Estados Unidos, de acordo com fontes ouvidas pela publicação, mas isso deve acontecer em algum outro momento deste ano. Não há informações sobre um possível aumento no Brasil.

O principal motivo para a alta nos preços seria a presença dos audiolivros à plataforma e os pagamentos em royalties às editoras. A empresa lançou um plano Premium só com livros mês passado, disponível apenas nos EUA, e pode procurar novas formas de aumentar a monetização, como um plano de assinatura mais básico, somente com acesso a músicas e podcasts.

Continua após a publicidade

Caso o reajuste se confirme, seria a segunda mudança de valor em apenas um ano. Vale lembrar que o Spotify ficou mais caro em vários países em 2023, incluindo o Brasil, que viu um salto de R$ 19,90 para R$ 21,90 por mês na modalidade individual do plano Premium.

O reajuste chega aqui?

Por enquanto, não há nenhuma confirmação de que o Spotify aumentará de preço por aqui nos próximos meses. O Canaltech entrou em contato com a empresa, mas ainda não recebeu um retorno até a publicação desta matéria — o conteúdo será atualizado caso haja uma resposta. Vale lembrar que a empresa costuma avisar os assinantes por e-mail com antecedência quando há alguma alteração do tipo.

Continua após a publicidade

Porém, se a medida afetar principalmente os planos com audiolivros, o país pode passar ileso dessa situação, já que o catálogo ainda não está disponível por aqui. A maioria dos livros são oferecidos em inglês e os mercados mencionados pela matéria original usam o idioma como língua oficial, então a mudança poderia afetar apenas algumas regiões.

Em meio a todos esses rumores, ainda existe a expectativa do lançamento do plano Supremium do Spotify, especulado há anos e que enfim traria um catálogo de músicas Hi-Fi ao streaming

Fonte: Bloomberg