Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Spotify remove mais de 100 episódios do podcast The Joe Rogan Experience

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 07 de Fevereiro de 2022 às 16h20

Link copiado!

Alexander Shatov/Unsplash
Alexander Shatov/Unsplash
Tudo sobre Spotify

O Spotify excluiu mais de 110 episódios do podcastThe Joe Rogan Experience, revelou o site de monitoramento JRE Missing até esta segunda (7). O programa é a causa do recente furacão que tomou o Spotify, acusado de servir como espaço para conversas negacionistas na pandemia. No sábado (5), o apresentador se desculpou nas redes sociais.

Em publicação feita no Instagram, Joe Rogan confirma que teve episódios retirados do Spotify. O apresentador se desculpa principalmente por proferir o termo racista “nigger” em alguns dos episódios do The Joe Rogan Experience.

Continua após a publicidade

“Agora, eu sei que para a maioria das pessoas não existe contexto em que uma pessoa branca tem permissão para dizer essa palavra em voz alta, muito menos em público num podcast”, pontuou Joe Rogan. “Eu concordo com isso agora. Eu não falo [a palavra racista] há anos”, complementou.

O CEO do Spotify, Daniel Ek, também confirmou a remoção dos episódios por causa da fatídica palavra. “Não são apenas alguns dos comentários de Joe Rogan incrivelmente dolorosos — quero deixar claro que eles não representam os valores da empresa”, escreveu o executivo num memorando obtido pelo The Verge.

Joe Rogan é vital para o Spotify, disse CEO

Dias antes de as remoções terem sido flagradas, um discurso transcrito pelo The Verge mostra que o CEO do Spotify está disposto a manter conteúdo que “muitos de nós [funcionários da empresa] podem não se sentir orgulhosos por estar associados” para atingir “objetivos ousados”.

Remover da plataforma os episódios do The Joe Rogan Experience considerados ofensivos ameniza a mais recente confusão acerca do podcast, mas não atende às demandas de Neil Young e outros artistas que decidiram boicotar a plataforma. A principal crítica, segundo o cantor canadense, seria relacionada aos papos negacionistas acerca de vacinas e outras medidas de contenção contra a covid-19.

Fonte: The Verge (1, 2)