Publicidade

Relógios antigos da Samsung vão deixar de receber novos apps

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 31 de Maio de 2024 às 14h19

Link copiado!

Divulgação/Samsung
Divulgação/Samsung
Tudo sobre Samsung

A Samsung revelou o cronograma de encerramento da oferta de apps e mostradores para relógios com Tizen OS pela Galaxy Store. Em um comunicado divulgado nesta sexta-feira (31), a empresa informou que vai remover os conteúdos do sistema antigo do Galaxy Watch no final de 2025. Até lá, os usuários ainda podem baixar os itens já adquiridos na loja.

Galaxy Store vai retirar conteúdos do Tizen para relógios 

A remoção dos conteúdos dá sequência à migração do sistema operacional Tizen para o Wear OS, iniciada em 2021 com o lançamento do Galaxy Watch 4. Dessa vez, a Samsung vai alterar o funcionamento da sua loja de aplicativos própria, conhecida como Galaxy Store, que oferece conteúdos para os seus produtos.

Continua após a publicidade

“Gostaríamos de informar você de que encerraremos o serviço de conteúdo do Tizen Watch”, diz o aviso acessado pelo Canaltech. “Gostaríamos de agradecer sinceramente todas as pessoas que usam conteúdo do Tizen Watch por meio da Galaxy Store.”

De acordo com o alerta divulgado na loja de apps, o processo de encerramento da oferta de conteúdos vai começar em setembro de 2024. Nessa primeira etapa, não será mais possível comprar apps e mostradores.

Na sequência, a Samsung vai reduzir o acesso aos conteúdos até removê-los de vez em setembro de 2025. Confira o cronograma:

  • 30 de setembro de 2024: a Galaxy Store vai interromper a venda de conteúdo pago para relógios com Tizen;
  • 31 de maio de 2025: a Galaxy Store vai interromper a permissão para fazer novos downloads de conteúdo grátis em relógios com Tizen (com exceção para os itens já obtidos);
  • 30 de setembro de 2025: a opção para baixar itens obtidos na conta será removida.
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Cabe ressaltar que essa medida é válida apenas para a obtenção de conteúdos pela Galaxy Store. Ou seja, os apps e mostradores instalados não serão retirados do relógio, a menos que você remova manualmente.

Além disso, o encerramento da distribuição de conteúdos para relógios com o sistema Tizen não impede a utilização do relógio, mas apenas o download de novidades no futuro.

Mudança afeta apenas modelos antigos

Continua após a publicidade

O fim do suporte a conteúdos para relógios com Tizen afeta apenas os modelos antigos da Samsung. Isso significa que apenas dispositivos lançados antes de 2021 serão atingidos. Veja a lista:

A Samsung ainda lembra que relógios lançados após agosto de 2021, como o Galaxy Watch 4, 5 e 6, não serão afetados pois são vendidos com o sistema Wear OS, do Google. Nesse caso, os mostradores e aplicativos são oferecidos pela Play Store.

Dessa forma, para baixar apps e novos temas, será preciso trocar um dispositivo para uma geração mais recente com Wear OS.