Pasta secreta do Google Fotos não terá um recurso básico do app; entenda

Pasta secreta do Google Fotos não terá um recurso básico do app; entenda

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 20 de Maio de 2021 às 16h05
Canaltech

Pode não ser indispensável, mas pastas protegidas por senha dentro do celular têm sua utilidade no cotidiano. O Google adicionou este recurso ao Fotos, dando a ele uma própria pasta para guardar mídias através de algum método de autenticação e separando esse conteúdo dos demais registros. Infelizmente, porém, a ferramenta parece funcionar de um jeito um tanto limitado.

As imagens colocadas na pasta segura são desassociadas da galeria comum e não podem ser vistas através de nenhuma ferramenta se não o próprio Google Fotos, contud, isso também afeta o backup na nuvem. Suspeitava-se que um dos diferenciais do sistema secreto da galeria do Google também seria acessível pelos dispositivos sincronizados, mas essa expectativa caiu por terra quando a gigante especificou o armazenamento estritamente local.

A pasta segura também poderá ser acessada por meio da biometria (Imagem: Reprodução/Google)

Isso significa que fotos e vídeos colocados nessa pasta também serão removidos do Google Fotos na nuvem no processo, tornando a pasta secreta mais uma ramificação daquela que existe no Files. Na prática, portanto, não seria muito diferente do que mover uma foto para a seção escondida do gerenciador de arquivos do Google, mas pouparia o trabalho de remover a captura do backup (se ela estivesse em uma pasta com backup habilitado).

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Segundo o site Android Police, a foto escondida poderia levar até 30 minutos para ser removida de todos os dispositivos sincronizados — portanto, é bom não cantar vitória imediatamente após guardá-la com senha. Ademais, vale lembrar que, uma vez escondida, a mídia estará disponível somente a partir da memória do celular, por isso, se ele quebrar ou der algum defeito, ela será perdida.

A pasta secreta pode ser um lugar interessante para armazenar registros com dados pessoais — documentos, cartões e boletos, por exemplo. Se outras pessoas têm acesso ao seu aparelho ou você precisa mostrar sua galeria a alguém, não correrá o risco de passar por uma dessas imagens. Além disso, estará seguro de que esses arquivos não estarão em nenhum outro lugar senão o seu celular.

Esse diretório não está nem perto de manter a versatilidade do Google Fotos. Não é possível, por exemplo, criar álbuns a partir dele, separar em subpastas nem eventualmente encontrá-la nas Coleções reunidas por IA. Não é possível editar registros guardados na pasta secreta, também — mas isso fica compreensível dada a natureza privada do recurso.

Assim que lançada, a pasta segura chegará primeiro aos smartphones da linha Pixel, do Google, mas não deve demorar muito para alcançar mais aparelhos Android.

Fonte: Google, Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.