Novo recurso do Firefox oferece sugestões de sites e pesquisa, mas há um porém

Novo recurso do Firefox oferece sugestões de sites e pesquisa, mas há um porém

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 16 de Setembro de 2021 às 09h37
Reprodução/Mozilla

O Firefox passou a sugerir sites quando você começa a digitar algum termo na barra de endereços do navegador. O "Firefox Suggest" ("Sugestão do Firefox", em português) usa os termos inseridos pelo usuário para dar indicações valiosas, como links da Wikipédia, termos de busca complementares ou até mesmo lojas online.

Para passar as recomendações mais úteis, o Firefox precisa enviar mais dados do usuário à Mozilla, a sua detentora, então é necessário abrir mão de certa privacidade para obtê-las — e eis aqui o "porém" indicado na chamada desta notícia. Ainda assim, há também um alívio: o processo de ativação é no modelo “opt-in”, quando usuários devem voluntariamente ativar a ferramenta a função para utilizá-la.

Isso significa que ela não vem habilitada por padrão e pode ser ignorada por quem não quer ceder esse tipo de dado à organização responsável pelo programa

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A grande diferença entre a adição do navegador da Mozilla e sugestões de outros mecanismos de busca, na verdade, está na inserção de contexto e fontes relevantes nessa caixa. Se o utilizador insere uma marca de tênis na caixa, por exemplo, o site da categoria de um e-commerce pode ser uma das sugestões — e, desse gancho, já vale mencionar que existirão sugestões patrocinadas.

Pesquise um país, e você terá o link dele na Wikipédia logo na Sugestão do Firefox, ou quem sabe termos complementares para adiantar seu voo para lá, como também demonstra o Firefox em vídeo.

Nem tão inédito assim

Recomendações fazem parte de praticamente todo buscador ou navegador, a diferença está na utilidade. O que o Firefox faz é poupar o trabalho do usuário em alguns cliques, já que informações da Wikipédia costumam aparecer na primeira página de pesquisa quando a busca por mais detalhes for a intenção da pesquisa.

O Firefox não deu detalhes quanto à disponibilidade, então dá para acreditar que todos os usuários receberão o recurso — e como são muitos, a distribuição deve ser gradativa. É bom ficar de olho nas atualizações do navegador a partir da seção “Sobre o Firefox”, dentro de “Ajuda”, no menu do canto superior direito.

Fonte: Mozilla

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.