5 melhores aplicativos para acompanhar ações do mercado

5 melhores aplicativos para acompanhar ações do mercado

Por André Lourenti Magalhães | Editado por Bruno Salutes | 05 de Julho de 2021 às 18h30
Michael Förtsch/Unsplash

Se você possui investimentos na bolsa de valores ou quer apenas acompanhas as movimentações nos principais mercados do mundo, os aplicativos sobre o mercado financeiro são excelentes opções. Através desses apps, é possível marcar ações como favoritas para acesso rápido e acompanhar as variações entre índices, câmbios, commodities e outras categorias.

É importante ressaltar que os apps mencionados nessa lista não necessariamente são plataformas de corretoras de investimentos ou permitem aplicações financeiras. São ferramentas utilizadas para acessar valores do mercado financeiro rapidamente e acompanhar notícias. Confira, a seguir, os melhores aplicativos para verificar ações.

1. Bolsa

  • Compatibilidade: iOS
  • Preço: gratuito

O iOS possui um aplicativo nativo para acompanhar movimentações na bolsa de valores. Portanto, se você possui um iPhone e não precisa de uma ferramenta com tantos recursos para desempenhar essa função, o app é uma opção sem a necessidade de download externo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Use o aplicativo no iPhone para consultar ações (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

A tela principal reúne uma lista com ações em destaque e seus valores, com a possibilidade de personalização pelo usuário. Ao tocar em cada uma dela, são exibidos gráficos de variação por dias, semanas, meses e anos. A plataforma ainda possui parceria com o Yahoo Finanças para exibir notícias sobre os principais mercados.

Por ser um app nativo, a integração com o iOS é um grande destaque. O Bolsa possui widgets para a tela inicial, como a lista de ações, pode executar comandos através da Siri e tem compatibilidade com Apple Watch.

2. Yahoo Finanças

O aplicativo é uma boa fonte para consultar as ações e acompanhar notícias do mercado financeiro. Logo na tela inicial, o usuário consegue criar uma lista com câmbios e ações, dando acesso a uma tabela com detalhes de variações, custo médio por ação e outras informações. Há uma lista com insights e ideias para esses símbolos e a tabela pode ser exportada no formato CSV.

Crie listas e siga notícias pelo app (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

O Yahoo Finanças é dividido em diferentes áreas. Além da Home, é possível acessar uma aba com notícias, utilizar uma ferramenta de pesquisa para encontrar tendências ou listas populares criadas pela comunidade de usuários e acessar uma área que reúne os mercados de Estados Unidos, Europa e Ásia. Nessa tela, o aplicativo traz detalhes sobre ações mais negociadas, moedas e fundos mútuos.

Por fim, ainda é possível configurar notificações personalizados para ações e valores específicos. No Android, o app disponibiliza widgets sobre variações e notícias.

3. Google

O aplicativo do Google também oferece um caminho rápido para consultar ações e variações de câmbio a partir do Google Finance. Basta digitar o nome da ação na pesquisa para encontrar gráficos com a evolução ao longo do tempo e resultados diários.

Receba atualizações pelo app do Google (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Conectado a uma conta do Google, o aplicativo permite seguir as suas ações preferidas, recebendo notícias e atualizações pela aba "Discover". Na versão para Android, o acesso ao Google Finance pode ser feito de diversas maneiras, incluindo através de um ícone fixado na tela inicial do celular. A área financeira inclui informações para comparar mercados, valores de ações populares ou informações sobre sua lista de interesses.

A plataforma financeira ainda tem uma grande integração com o Google Assistente. Pelo aplicativo, é possível utilizar comandos de voz para consultar ações e o câmbio.

4. Bloomberg

  • Compatibilidade: Android, iOS
  • Preço: gratuito com opções pagas (a partir de R$ 10,99 por mês)

O Bloomberg é um dos principais veículos de mídia sobre o mercado financeiro em todo o mundo. No aplicativo para celulares, disponibilizado apenas em inglês, existem opções para consultar a variação de ações e acessar conteúdos como notícias, vídeos e podcasts.

Acompanhe vídeos e notícias pelo app (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

O app oferece grande variedade de opções que podem ser consultadas, incluindo moedas, índices, commodities e ações. Em cada área, é possível acessar tabelas e gráficos interativos para acessar os detalhes. Os usuários com uma conta cadastrada também podem adicionar mercados a uma lista de preferência, acessando informações rapidamente.

A plataforma funciona de forma gratuita, mas utiliza uma versão paga para liberar acesso ilimitado a todos os conteúdos, remover anúncios e enviar newsletters exclusivas. O preço é alto: R$ 10,99 mensais para os primeiros três meses no caso de novos assinantes, R$ 114,99 nos meses seguintes ou R$ 1.187,99 para a assinatura anual.

5. Investing.com

  • Compatibilidade: Android, iOS
  • Preço: gratuito com exibição de anúncios (RUS$ 4,15 por mês para removê-los)

A plataforma da Investing.com é uma das opções com mais detalhes dessa lista. São mais de 30 mil instrumentos financeiros registrados, incluindo índices, commodities, índices futuros, criptomoedas, câmbio, entre outras opções.

Aplicativo traz informações de calendários e ações (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

O cadastro é feito de forma gratuita e o app disponibiliza opções para acessar gráficos personalizados e montar as suas listas de preferências. Existe uma área de calendários que informa os próximos IPOs, feriados nacionais, balanços e informações econômicas de diversos países. Há, ainda, a possibilidade de criar uma carteira para investimentos e participações.

O Investing.com ainda possui ferramentas adicionais como um filtro de ações e conversor de moedas integrado. O app é gratuito e com exibição de anúncios: para removê-los, é necessário pagar US$ 4,15 ao mês.

Qual sua opção favorita? Comente!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.