Google Mensagens prepara mais duas novidades para competir com o WhatsApp

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 27 de Maio de 2021 às 13h15
Igor Almenara/Canaltech

O Google parece decidido em colocar o Mensagens no mesmo nível que as plataformas mais populares do segmento. Assim como o WhatsApp e Telegram, o app da gigante será capaz de fixar conversas no topo da página inicial e marcar as mensagens mais importantes como favoritas, para rápido acesso a partir do menu de sobreposição.

Indícios encontrados no código da versão 8.1.050 do Mensagens pelos programadores do XDA Developers mostram os recursos em preparação — eles até podem ser habilitados depois de alguns ajustes. A fixação de conversas permite que você coloque chats importantes sempre no topo da página principal do mensageiro, sem que outros diálogos tomem esse espaço.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O convencional ícone de "alfinete" indica a função de fixar conversas (Imagem: Reprodução/XDA Developers)

Marcar mensagens como favoritas também funciona da forma convencional. O usuário pode selecionar algo recebido ou enviado e marcá-lo com uma estrelinha. Contudo, algo que não foi esclarecido pelo código é se esses destaques serão reunidos em uma página dedicada no menu de sobreposição.

Brigando com gente grande

Fixar mensagens no topo e ter uma pasta exclusiva para as mensagens mais importantes são recursos elementares de grandes mensageiros e a sua inclusão sugere que o Google tem planos interessantes para a plataforma. Mais cedo, neste mês, os emojis, figurinhas e GIFs foram realocados no app e a nova organização se deu de forma semelhante aos principais concorrentes.

Se continuar nesse ritmo, mais recursos populares devem chegar ao mensageiro — e ele pode acabar se tornando um concorrente de peso para o iMessage, WhatsApp e Telegram. As próximas movimentações e anúncios da companhia podem sugerir qual é o seu plano, portanto, vale ficar ligado nas notícias.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.