Google deve facilitar a vida de quem quer trocar o iPhone pelo Android

Google deve facilitar a vida de quem quer trocar o iPhone pelo Android

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 28 de Julho de 2021 às 08h21
Francielle Lima/Canaltech

Não foi só a preparação do terreno para transferências de mensagens do WhatsApp a única novidade encontrada no app Ferramenta de Restauração de Dados do Google. A mesma atualização também levantou indícios de que uma versão do aplicativo também está a caminho do iOS e fará mais do que só enviar os seus papos do mensageiro.

Basicamente, ele será uma solução equivalente ao “Migrar para iOS”, que é o app da Apple feito para pessoas que querem deixar o ecossistema do Google para sem muito trabalho. O que ele faz é ajudar o usuário a transferir arquivos, contatos, mensagens e mídias para o celular novo com o mínimo de interação possível para você — é parear os aparelhos, esperar e pronto.

O app do Google até agora, porém, é exclusivo para Android, então ele ainda não permite a transferência de dados a partir do iPhone, somente de Android para Android. Ao que sugere o código do Restauração de Dados do Google, o suporte para iPhone finalmente dará suporte para a migração, e melhor: tudo sem fio, por uma rede privada.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

App de transferência de arquivos é instalado nativamente em celulares Android (Imagem: Reprodução/Google)

Seguir o processo seria tão fácil quanto trocar dados entre celulares Android. Você iniciaria a transferência a partir do celular de destino e, do iPhone, indicaria qual conexão fazer para seguir com os envios.

Transferência também suporta apps

Boa parte do texto que menciona essa transferência, passou a incluir referências também à sincronização de aplicativos. Portanto, até apps devem ser enviados pela conexão sem fio (ao menos teriam seus nomes adicionados para uma fila de download automático a partir da Play Store).

Não se sabe exatamente como essa ferramenta vai funcionar, uma vez que o conteúdo do iPhone é protegido a sete chaves pelo ecossistema da Apple e o iCloud. A solução não será mágica, também, então não espere transferir softwares exclusivos do iOS para o Android — apps pagos também precisariam ser comprados de novo.

As alterações, pelo menos, servem como indicativo de que é questão de tempo até que o app seja lançado no iOS. Na maior parte dos dias, uma ferramenta como essa não é tão útil, mas quando você trocar de celular, certamente ter uma carta dessas na manga facilita as coisas.

Fonte: 9to5Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.