Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Google Bard permite criar imagens usando comandos de texto

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 01 de Fevereiro de 2024 às 12h00

Link copiado!

Divulgação/Google
Divulgação/Google
Tudo sobre Google

O Bard recebeu reforços nesta quinta-feira (1º): agora, a inteligência artificial generativa do Google pode criar imagens a partir de texto e conta com um sistema de dupla verificação para confirmar as respostas oferecidas às solicitações.

O Gemini Pro, segmento intermediário do novo modelo de linguagem multimodal do Google, também ganhou suporte a “todos os idiomas”, incluindo o português.

Imagens criadas por IA

Continua após a publicidade

A maior parte das novidades se concentram no Bard, com destaque à possibilidade de criar imagens através de pequenas descrições por texto, como no DALL-E, da OpenAI, e no Criador de Imagens do Bing, da Microsoft. Por exemplo, você pode digitar “cachorro em uma prancha de surfe” e o sistema vai oferecer opções de mídias de alta qualidade.

Todo o processo será realizado com auxílio do modelo Imagen 2, que também é utilizado para criar papéis de parede no Galaxy S24 através do Galaxy AI. Além disso, o Google empregou o SynthID, um algoritmo que cria uma marca d'água invisível para informar que o conteúdo foi criado por IA.

O recurso, no entanto, funciona apenas com comandos em inglês “na maioria dos países e territórios onde a ferramenta já está em funcionamento”, explica a empresa. O Bard, vale lembrar, chegou ao Brasil em 2023.

Dupla verificação

Se de um lado temos novas ferramentas gráficas, do outro, temos incrementos na checagem dos resultados de texto oferecidos pelo Bard através da nova função de Dupla Verificação.

A novidade, que consiste em um atalho para acionar o buscador, vai facilitar o processo para confirmar as informações oferecidas pela IA. Assim, será possível fazer pesquisas mais aprofundadas sobre o tema, sem depender exclusivamente do chatbot.

Segundo o Google, a novidade “estará disponível em 230 países e territórios e mais de 40 idiomas, incluindo o português”.