Gboard atualiza e torna a função "colar" ainda mais funcional

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 26 de Abril de 2021 às 12h24

O Gboard tornou a área de transferência ainda mais útil na sua mais recente atualização. O teclado nativo do Google ampliou a ferramenta de “copiar e colar” no Android e passou a guardar um histórico de itens salvos, apresentando-o como sugestão logo acima das teclas para preenchimento rápido.

Anteriormente, somente o último item colocado na área de transferência era destacado pelo Gboard — os demais deveriam ser acessados em um menu específico do app. O recurso permitia rapidamente levar o conteúdo de um artigo online ou imagem para uma conversa no WhatsApp, por exemplo, sem que o usuário tivesse que apertar na caixa de texto e aguardar o surgimento do botão "colar".

A adição torna as sugestões mais robustas, anexando os últimos links, mensagens, texto ou imagens ao teclado. Sempre que algo novo for copiado, o conteúdo será colocado de forma reduzida na barra rolável acima das teclas do Gboard, com seu tipo identificado com um pequeno símbolo à esquerda — ou uma miniatura, quando se trata de uma imagem.

(Imagem: Reprodução/Android Police)

Logicamente, a novidade gera impacto em privacidade. O conteúdo que o usuário copia fica visível para quem tiver acesso ao celular, tão invasivo quanto um histórico de navegação. Além disso, alguns aplicativos também consultam a área de transferência e, se forem maliciosos, poderiam utilizar essa brecha para investigar o perfil do usuário.

O Android 12 evitará a consulta de aplicativos a área de transferência com a solicitação da permissão, mas versões anteriores do sistema não evitam a prática. Segundo o site Android Police, a novidade parece funcionar mesmo quando a área de transferência “especial” do Gboard está desabilitada — e, por isso, não há certeza se a nova funcionalidade em pode ser desabilitada ou não.

A área de transferência aprimorada do Gboard já existe, mas o seu acesso é um pouco mais trabalhoso. Quando ativada, todas as imagens, links e texto são guardados por até uma hora numa seção oculta entre os menus do Gboard. Aparentemente, as sugestões da barra superior expirarão ao mesmo tempo, o que também evita o acúmulo de conteúdo temporário — algo que pode ser um problema em smartphones mais simples.

Por enquanto, a melhoria do Gboard está sendo encaminhada gradativamente aos usuários Android via servidor. Aqui no Canaltech, a versão 10.4.04 do teclado virtual ainda não apresentou a novidade, mas nada resta fazer senão aguardar pela autalização remota.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.