Como transferir do Caixa Tem para o PicPay

Como transferir do Caixa Tem para o PicPay

Por André Lourenti Magalhães | Editado por Bruno Salutes | 25 de Abril de 2022 às 08h30
Reprodução/Caixa, PicPay

É importante saber como transferir do Caixa Tem para o PicPay. Existem diversos métodos disponíveis para transferir o dinheiro da sua Poupança Social Digital para o aplicativo de pagamentos. Nesse caso, além de usar o valor para pagar contas e adquirir serviços, também é possível deixar a quantia na carteira do PicPay, com rendimento diário.

As opções para transferir o dinheiro entre as plataformas incluem Pix, pagamento de boletos, transferência bancária e uso do cartão de débito virtual do Caixa Tem. Em cada caso, há um limite de valor diário e cobrança específica de taxas. Confira, a seguir, como transferir benefícios do Caixa Tem para o PicPay!

Transferir do Caixa Tem para o PicPay por boleto

No caso dos boletos, não há cobrança de taxas para o pagamento, mas há um prazo de até 2 dias úteis para receber o valor na conta. Além disso, o Caixa Tem permite o pagamento de boletos até R$ 1.200, enquanto contas (luz, água, saneamento, entre outras opções) possuem limite de até R$ 600. Confira o passo a passo:

  1. Abra o PicPay (Android | iOS), acesse a seção “Carteira” e toque em “Adicionar dinheiro”. Em seguida, uma lista de opções disponíveis será exibida. Selecione “Boleto bancário”;

    Acesse a opção de gerar boleto no PicPay (Captura de tela: André Magalhães)
  2. Informe o valor do boleto que deseja criar e toque em “Gerar boleto”. Copie o código de barras para prosseguir;

    Confirme o valor e copie o código de barras (Captura de tela: André Magalhães)
  3. Com o código de barras em mãos, abra o Caixa Tem (Android | iOS) e selecione a aba “Pagar suas contas”. Na tela de pagamento, escolha a opção de digitar o código de barras e cole o conteúdo selecionado no PicPay;

    Acesse o Caixa Tem para pagar o boleto (Captura de tela: André Magalhães)
  4. Confirme o valor do boleto e digite o valor que deseja pagar. Em seguida, “Sim, realizar pagamento” para concluir a operação. Com o pagamento concluído, o dinheiro será adicionado ao seu saldo da carteira do PicPay.

    Saiba como transferir do Caixa Tem para o PicPay por boleto (Captura de tela: André Magalhães)

Transferir do Caixa Tem para o PicPay por cartão de débito virtual

Há a possibilidade de utilizar o cartão de débito virtual da Caixa para realizar compras e pagamentos online. No caso do PicPay, há um atalho específico para adicionar fundos com o cartão, com cobrança de taxa de 1,99% por transação. Antes de usar o app de pagamentos, é necessário gerar o cartão virtual pelo Caixa Tem.

  1. Abra o PicPay e selecione a opção “Adicionar dinheiro”;

  2. Em seguida, toque em “Auxílio Brasil”;

  3. Na próxima tela, selecione “Cartão de débito Caixa”;

  4. Toque em “Cadastrar” e insira as informações do seu cartão, disponibilizadas pelo Caixa Tem;

  5. Por fim, insira um valor e confirme o pagamento.
PicPay também permite o uso do cartão de débito virtual da Caixa (Captura de tela: André Magalhães)

Transferir do Caixa Tem para o PicPay por Pix

Caso possua uma chave Pix vinculada à sua conta do PicPay, é possível transferir o dinheiro rapidamente e sem cobrança de taxas. Nessa situação, basta acessar a área de Pix do Caixa Tem e preencher com as informações de pagamento. Há um limite de R$ 600 por transferência única ou até R$ 1.200 transferidos por dia.

Transferir do Caixa Tem para o PicPay por transferência bancária

O aplicativo também tem espaço para a tradicional transferência bancária, por TED. No entanto, existe um limite de três transferências gratuitas da Poupança Social Digital para outros bancos. Após esse limite, há cobrança de tarifas de R$ 10,45 por transferências na operação poupança ou R$ 22 em transações da operação conta-corrente.

Este artigo não é um publieditorial. Tem caráter unicamente informativo e não isenta o leitor quanto ao dever de tomar conhecimento e compreender a integralidade dos termos de uso do serviço mencionado na matéria jornalística aqui publicada. O Canaltech não se responsabiliza pelas condições e alterações de uso dispostas por empresas, plataformas ou agentes externos, sendo certo que a utilização de serviços de terceiros por parte dos nossos leitores ocorre exclusivamente por sua conta e risco.

Fonte: Caixa

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.