Como a LGPD funciona nas redes sociais e apps de mensagens

Como a LGPD funciona nas redes sociais e apps de mensagens

Por Lu do Magalu | 12 de Março de 2021 às 16h00
Reprodução/SAIYED IRFAN A (Pixabay)

Oi, gente! Hoje eu vim falar sobre um assunto importante. Vocês já conhecem a Lei Geral de Proteção de Dados, também conhecida como LGPD? Essa lei foi desenvolvida para trazer mais proteção e transparência no tratamento de dados pessoais, inclusive nos meios digitais. Assim, as redes sociais, por exemplo, precisam sempre deixar as pessoas cientes de como estão usando os dados, viu?

Ah! Uma coisa importante é que a lei regulamenta que é necessário garantir informações claras, precisas e acessíveis a todos os tipos de usuário com relação ao tratamento de seus dados pessoais.

Por exemplo, sabe quando a gente vê uma promoção bem legal na internet e para participar é preciso preencher um formulário com dados tais como nome, e-mail, número de telefone… Várias informações pessoais. A LGPD define diretrizes para que as empresas atuem com transparência, e tenham controles adequados para o tratamento dos seus dados pessoais.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Para que assim seja possível assegurar seus direitos como titular, explicando com clareza qual a necessidade da solicitação daqueles dados, e o que será feito com eles durante e após a promoção.

Mas, vem cá, você deve estar se perguntando — Lu, e nas redes sociais como isso funciona na prática? Deixa que eu te explico 💙

LGPD: como ela se aplica as redes sociais? 

Vamos lá! Recentemente, o WhatsApp fez uma atualização nos seus termos de uso, né? Mostrando para os usuários como a empresa lida com os dados pessoais que circulam no aplicativo. Essa transparência é o que a LGPD tem como um dos seus principais objetivos.

No momento, essa é uma das maiores discussões: a responsabilidade das redes sociais sobre o uso de dados pessoais dos usuários. Por exemplo, olha só. Você já deve ter notado que as redes sociais costumam mostrar conteúdos relacionados com o que você pesquisa, né?

É que as redes sociais usam algoritmos que personalizam o conteúdo que é exibido, tornando ele mais atrativo para você. Como assuntos de maior interesse, por exemplo, notícias sobre futebol, vídeos de culinária e até mesmo memes.

Com a LGPD em vigor, esse e qualquer outro tratamento dos seus dados pessoais precisam ser apresentados com clareza nas "Políticas de privacidade" dos sites e aplicativos.

Ah! E é de extrema importância que você fique atento ao que elas dizem. Por isso e por muito mais, essa nova lei é importante, viu?

E você? Já conhecia a LGPD? Compartilhe essa matéria com seus amigos 🥰

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.