Como investir no Tesouro Direto pelo app

Por Guadalupe Carniel | Editado por Bruno Salutes | 08 de Maio de 2021 às 13h00

Atualmente muitas pessoas têm pesquisado como investir no Tesouro Direto, considerado um dos mais seguros do mercado por especialistas em finanças pessoais. Na transação você pode comprar e vender títulos públicos do Governo Federal. Mas você sabia que é possível começar a comprar títulos do Tesouro pelo celular?

No aplicativo gratuito, é possível simular aplicações e ver quais títulos mais combinam com os seus objetivos. Além disso, para pessoas que tem pouca intimidade com o Tesouro Direto, já explicações e demonstrativos financeiros para saber qual é o investimento que mais se adapta a você. Confira abaixo como consultar as aplicações para investir no app.

Como investir no Tesouro Direto pelo celular

Passo 1: baixe o app do Tesouro Direto (Android | iOS) e, se desejar obter mais informações sobre o Tesouro direto, clique no botão “Conheça o Tesouro Direto”.

Acesse o aplicativo do Tesouro Direto (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 2: se estiver em dúvidas e não conhecer profundamente os títulos disponíveis, toque em “Não sei qual título escolher”.

Conheça mais sobre as opções de títulos disponíveis (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 3: será aberto o simulador. Com base nos seus objetivos serão apresentadas as propostas de título. Defina qual o seu sonho (se comprar uma casa, automóvel, aposentadoria, estudos, férias, reserva de emergência e outro), quanto tempo o dinheiro ficará rendendo (necessidades eventuais, três e nove anos, 10 anos ou mais) e, por último, se você deseja saber quanto vai ganhar ou preservar poder de compra. Toque em “Ver Resultado”.

Define suas metas para escolher o título que mais combina com você (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 4: aparecerão os títulos sugeridos. Escolha o que mais te interessa e clique em “Simular” para inserir os valores que deseja aplicar.

Simule para conhecer os rendimentos do título (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 5: coloque o valor inicial do título e quanto pretende investir mensalmente e clique no botão “Calcular”.

Coloque os valores para verificar os rendimentos (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 6: o app exibirá um gráfico mostrando a rentabilidade líquida em porcentagem do título em relação a outros fundos. Clique em “Detalhes”.

Será apresentado um gráfico com o rendimento do título escolhido em relação aos demais (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 7: será exibido os rendimentos dos títulos nas diversas categorias de fundos, mas em detalhes e em reais.

No aplicativo também é possível ver os possíveis valores do rendimento (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 8: se concordar em prosseguir, retorne e clique em “Investir”.

Vá em Investi para prosseguir (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 9: será aberto o carrinho, digite o valor a ser investido e a partir de qual data iniciará e clique em avançar.

Defina os valores do título (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 10: será solicitado o login. Caso não possua, toque em “Ainda não é cadastrado”.

Faça o login (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 11: será aberta uma nova tela, clique em “Escolha Aqui”.

Caso não tiver login, acesse o site do Tesouro Direto por meio do app (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Passo 12: role a tela e veja a lista de bancos e corretoras cadastrados para ver taxas e juros e escolher a sua favorita. Após entrar em contato com a instituição que optar, ela gerará um cadastro para utilização do app do Tesouro Direto.

Escolha a instituição de sua preferência e faça os seus investimentos (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Pronto! Agora você já sabe como analisar e investir o seu dinheiro de acordo com o seu objetivo no Tesouro Direto.

Este artigo não é um publieditorial. Tem caráter unicamente informativo e não isenta o leitor quanto ao dever de tomar conhecimento e compreender a integralidade dos termos de uso do serviço mencionado na matéria jornalística aqui publicada. O Canaltech não se responsabiliza pelas condições e alterações de uso dispostas por empresas, plataformas ou agentes externos, sendo certo que a utilização de serviços de terceiros por parte dos nossos leitores ocorre exclusivamente por sua conta e risco.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.