Clubhouse para Android pode ser lançado bem mais cedo do que se imaginava

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 15 de Abril de 2021 às 18h04
Unsplash / Dmitry Mashkin

O aplicativo do Clubhouse para Android está em desenvolvimento há tempos e a promessa dos desenvolvedores era de levá-lo para o sistema mais popular do mundo em alguns meses. Agora, tuítes revelam que ele pode ser lançado antes do esperado, já em maio de 2021.

Em uma entrevista recente à CNBC e ao New York Times, o cofundador e CEO do Clubhouse, Paul Davison, confirmou que sua equipe está trabalhando na expansão do aplicativo para Android — o que não é uma novidade. Mas um post recente da desenvolvedora Android do aplicativo Mopewa Ogundipe deu uma pequena demonstração de que a equipe já consegue rodá-lo em um celular Google Pixel.

Outro tuíte, do desenvolvedor Morgan Evetts, sugere que o programa pode estar disponível em maio de 2021.

Atualmente, o aplicativo de rede social de áudio está disponível apenas para iOS, o que é apontado como uma das razões pelas quais ele ainda não atingiu todo seu potencial. Em meados de março, Davison havia prometido levar o app para o sistema do robozinho verde em “alguns meses”.

Em razão da forte concorrência que têm sofrido, talvez os desenvolvedores tenham acelerado o processo para garantir seu lugar ao sol. Outra funcionalidade em pleno trabalho de otimização é o ingresso na rede sem necessidade de convite, algo que pode ampliar bastante o público.

Rivais produzem recursos semelhantes

A opção mais relevante ao Clubhouse até o momento é o Twitter Spaces, ferramenta da rede social do passarinho que já está funcional e possui recursos exclusivos. Ele sai na frente porque vale-se da experiência da plataforma de Jack Dorsey, além de contar com toda a base de usuários que tuitam diariamente.

O Telegram também já possui um sistema funcional de salas exclusivas para troca de áudios. O app de bate-papo inclusive tem trazido novidades para superar o Clubhouse em vários aspectos, como a possibilidade de agendar uma conferência de voz e enviar convites específicos para palestrantes e ouvintes.

O Telegram tem a opção mais avançada em termos de recursos (Imagem: Igor Almenara/Canaltech)

O Facebook e o Instagram correm pela tangente em busca de soluções próprias: o Hotline é a aposta da gigante para bater de frente com os concorrentes. Apesar disso, possui uma proposta um pouco diferente, já que o recurso é mais voltado para uma sessão de perguntas e respostas em formato similar às tradicionais lives.

Slack, Spotify e Discord são outras companhias que se debruçam sobre soluções específicas voltadas para seus nichos de atuação. A aposta é que há espaço para todo mundo se cada um atuar no seu quadrado.

Explosão das conversas em áudio

O Clubhouse teve um grande sucesso desde seu lançamento em abril de 2020. Só em fevereiro deste ano, foram mais de 10 milhões de downloads, de acordo com estimativas da empresa de inteligência em aplicativos Sensor Tower.

Clubhouse possibilita debates de áudio entre convidados e espectadores (Imagem: Reprodução/Neil Patel)

No início deste mês, o aplicativo anunciou que lançou um recurso de monetização para os criadores do aplicativo, no qual 100% do valor será direcionado para eles. A plataforma abriu em março as inscrições para os interessados e já deu início aos pagamentos para quem deseja ser um clubhouser.

Apesar disso, o app também tem sofrido com falhas de segurança graves. Em janeiro, conteúdos exclusivos de salas foram baixados e compartilhados em outras plataformas. No começo desta semana, os dados de 1,3 milhões de usuários foram expostos na internet — o que a empresa nega.

O fato é que o Clubhouse chegou abalando as estruturas das redes sociais convencionais. A plataforma tirou todo mundo da zona de conforto para apresentar inovações similares. Você acredita que a troca de conversas de áudio é algo permanente ou apenas uma moda passageira? Comente e deixe seu ponto de vista.

Fonte: Gadgets360

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.