ByteDance lança aplicativo para ajudar vendedores com suas lojas no TikTok

ByteDance lança aplicativo para ajudar vendedores com suas lojas no TikTok

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 22 de Novembro de 2021 às 11h31
Hello I'm Nik/Unsplash

A ByteDance, empresa chinesa criadora do TikTok, lançou um aplicativo para quem deseja vender produtos na sua rede social. Chamado TikTok Seller, o app permite o gerenciamento de lojas virtuais por meio dos telefones celulares e o acompanhamento das vendas em tempo real. As funções quer proporcionam a inclusão de produtos, acompanhamento de estoques, checagem dos pedidos, análise das devoluções e reembolsos, criação de promoções, atendimento ao cliente, além de um painel de dados completo.

O TikTok Seller começou a ser liberado no sudeste da Ásia, mas ainda não chegou ao ocidente. A rede social só começou a liberar as lojas em meados de 2021, mas o modelo já começou a se mostrar lucrativo por essas bandas, principalmente em razão da parceria firmada com a plataforma especializada da em e-commerce da Shopify, que conta com mais de um milhão de cadastrados.

TikTok Shop é um gerenciador de lojas para a rede social (Imagem: Reprodução/TikTok)

A partir disso, os cadastrados na Shopify podem entregar seus produtos ou serviços para o público do TikTok, composto, em sua maioria, por jovens e adolescentes. Por enquanto, a ByteDance parece ter planos para distribuir o novo app de modo gradual, pois ele ainda não está disponível na Play Store (Android) nem na App Store (iOS) do Brasil ou dos Estados Unidos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Hoje, quem tem loja cadastrada no TikTok precisa acessar um site específico pelo navegador chamado TikTok Shop Seller Center. O aplicativo poderá facilitar isso por ser desenvolvido sob medida para as telas de toque, com uma interface de usuário pensada para o mobile, mas será preciso esperar mais um pouco até que haja o anúncio oficial.

Fonte: GizChina  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.