Apple Maps amplia testes com avaliação de lugares e envio de fotos estilo Google

Apple Maps amplia testes com avaliação de lugares e envio de fotos estilo Google

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 25 de Agosto de 2021 às 10h24
Reprodução

O Apple Maps evoluiu bastante desde as polêmicas que cercaram o serviço no lançamento do iOS 6, lá em 2012, mas ele ainda continua atrás do Google Maps em vários aspectos. Nesta semana, a Apple começou a distribuir para mais usuários a capacidade de avaliar e anexar fotos de locais visitados, igual ao que a plataforma concorrente faz há anos.

A primeira vez que este recurso apareceu foi no iOS 14 e é bem mais básico do que há no Google Maps: utilizadores podem avaliar lugares como restaurantes, livrarias e farmácias com like ou dislike em categorias que variam conforme o estabelecimento (avaliação geral, produtos e atendimento, por exemplo); ao final da página, fotos do lugar podem ser anexadas para que qualquer outro usuário possa conhecer o ambiente pelo app.

Critérios avaliados variam de acordo com o tipo de estabelecimento (Imagem: Reprodução/The Verge)

Avaliações voluntárias de utilizadores serão disponibilizadas ao lado das informações puxadas de serviços parceiros como Yelp e Tripadvisor. Além disso, não há formas de adicionar comentários personalizados sobre o local, então a análise se resume a “bom” ou “ruim”.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Avaliações são anônimas

Automaticamente, o sistema da Apple sugere que usuários preencham o formulário de avaliação dos locais visitados (o mesmo acontece com fotos). Notas dadas ao estabelecimento não são identificáveis, então há mais segurança ao consumidor para dar sua opinião verdadeira sem ficar mal na fita.

Um estabelecimento registrado no Apple Maps tem sua avaliação geral estampada na bandeja de detalhes, ao lado do horário de funcionamento. Em uma seção abaixo, estão localizadas as análises separadas por categoria.

A ampliação da ferramenta abraça exclusivamente usuários dos Estados Unidos e Canadá, conforme conta o The Verge. Considerando que a função depende da participação da base de usuários, as avaliações ainda são escassas, mas já devem ajudar a escolher um lugar para ir sem precisar recorrer ao Google Maps. Ainda não há previsão de quando as novidades chegarão a outros países.

Fonte: The Verge, MacRumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.