8 novidades do Google para ampliar acessibilidade para pessoas com deficiencia

8 novidades do Google para ampliar acessibilidade para pessoas com deficiencia

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 06 de Abril de 2022 às 17h57
Reprodução/Google

O Google realizou um evento nesta quarta-feira (6) para falar sobre ferramentas de acessibilidade pensadas para aprimorar a navegação na web. O objetivo é garantir mais inclusão para todo tipo de pessoa em funções comuns do dia a dia como trabalho remoto, ensino à distância e socialização com amigos e familiares.

Para tornar a internet um ambiente democrático e acessível, a gigante das buscas investiu oito grandes inovações em seus serviços nos últimos anos. Segundo o CEO do Google, Sundar Pichai, “a grande promessa da tecnologia é dar a todos o mesmo poder para atingir seus objetivos. Enquanto houver barreiras para alguns, ainda há trabalho a ser feito.”

A iniciativa mais recente é o Project Relate, que chega para compor o conjunto de ferramentas criadas para proporcionar mais inclusão para pessoas com dificuldade de falar. Conheça agora as principais ferramentas de acessibilidade apresentadas pelo Google à imprensa:

8. Project Relate

Este foi o último projeto lançado pelo Google e a estrela do evento de hoje, pois foi projetado para ajudar pessoas com deficiência de fala. O Project Relate ainda está em fase beta, mas já apresenta resultados surpreendentes na identificação de frases pronunciadas por quem possui dificuldade em enunciar palavras.

O sistema usa técnicas de aprendizagem de máquina para entender o padrão da voz e ajudar pessoas a se comunicar mais facilmente. Essa aplicação é resultado de anos de estudos conduzidos pelas equipes de Fala e Pesquisa do Google a partir da coleta de mais de um milhão de amostras de falas gravadas por participantes da pesquisa.

No exemplo mostrado no evento, o Google ressaltou uma pessoa estrangeira e com problema na fala. O app compreendeu a fala e conseguiu executar os comandos com perfeição. Embora seja voltado para pessoas com deficiência, o Project Relate poderia ser facilmente usado por quem tem dificuldade em pronunciar palavras em outros idiomas.

O app permite transcrever texto, repetir o que você disse em voz alta e acionar o Google Assistente (Imagem: Reprodução/Google)

Uma parte bastante interessante é que o projeto é conduzido por uma gerente de marca do Google com distrofia muscular. Aubrie Lee está à frente dos trabalhos e pode trazer muitos feedbacks importantes para melhorar a ferramenta.

Por enquanto, não há previsão de lançamento final do Project Relate. O Google diz que pretende fazer mais testes com falantes nativos do inglês antes de expandir para outros idiomas.

7. Lookout

O Lookout é uma ferramenta para identificar objetos, pessoas e animais ao seu redor (Imagem: Reprodução/Google)

Ler textos em telefones celulares e computadores é uma realidade na vida de quase todo mundo. Há um conjunto de soluções para ampliar o tamanho, melhorar o contraste e fazer ajustes para melhorar a visibilidade. Para textos escritos à mão, contudo, não existe uma solução eficaz para atender a pessoas com deficiência visual.

O Lookout usa inteligência artificial para deixar o mundo físico mais acessível para cegos ou pessoas com baixa visão. Embora o app seja de 2019, a companhia trabalha nele para oferecer aprimoramento da visão computacional, assim o sistema pode reconhecer objetos, imagens e textos. Após a identificação, o software faz a leitura em voz alta, o que ajuda a identificar rótulos de produtos, descrição de objetos e até pessoas ao redor.

Em 2020, um modo chamado Documentos foi adicionado para permitir a captura de texto de uma página e sua transformação em voz. No ano passado, essa modalidade passou a ler textos escritos à mão, como notas adesivas, redações e cartões de aniversário. Basta apontar a câmera do smartphone para o texto e aguardar a digitalização para a mágica acontecer.

6. Action Blocks

Em vez de ícones complicados, os Action Blocks automatizam tarefas complexas para quem possui deficiência intelectual (Imagem: Reprodução/Google)

Lançado em 2019, esses "blocos de ação" tem a função de otimizar o acesso a tarefas realizadas rotineiramente nos telefones com Android através de atalhos. Essa opção facilita o acesso para pessoas com deficiência intelectual e permite a total personalização de ícones na tela inicial.

Em vez de fazer vários passos, os Action Blocks permitem realizar uma ação complexa com apenas um toque na tela. É possível configurar o envio de uma mensagem pré-definida para familiares, iniciar uma chamada de vídeo com uma pessoa específica, tocar uma playlist previamente selecionada, exibir as notícias do dia e muitas outras ações.

Os Action Blocks estão disponíveis em português e podem ajudar também pessoas com deficiência no Brasil.

5. Transcrição instantânea

O app traduz vozes em tempo real para o idioma desejado e sem a necessidade de internet (Imagem: André Magalhães/Canaltech/Captura de tela)

Muita gente conhece o recurso de transcrição das redes sociais e acha que sua funcionalidade é apenas para produção de conteúdo. Mas a função vai muito além disso, porque permite que pessoas com deficiência auditiva possam compreender, via texto, os sons e falas.

O Transcrição instantânea é um app para Android com suporte a mais de 80 idiomas que oferece legendas em tempo real para voz. Palestras, aulas, eventos, reuniões e até conversas cotidianas podem ser transformadas em texto. Em março de 2022, o app ganhou um modo offline para permitir traduções sem locais onde não há Wi-Fi nem sinal de internet móvel.

4. Notificações de sons

Surdos e pessoas com baixa audição podem receber notificações no celular sobre algum barulho familiar (Imagem: Reprodução/Google)

Notificações são partes fundamentais de celulares desde a sua invenção, mas ganham mais notoriedade com os smartphones. Criado em 2020, o Notificações de sons é um recurso do app Transcrição instantânea que vai além de apenas mandar um alerta: ele fornece avisos para sons importantes ao redor da pessoa, como alarme de incêndio, choro de crianças, barulho de portas batendo, entre outros.

O app usa o microfone do aparelho celular para reconhecer 10 ruídos diferentes de modo offline. A tecnologia se baseia em um trabalho de detecção de sons do Transcrição instantânea, porém voltado para trazer uma aplicação prática para sons tradicionalmente traduzidos como onomatopeias.

3. Amplificador de som

É possível intensificar e ajustar a captura de sons do telefone para melhorar a audição de quem está no ambiente (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Este app tem um nome bem sugestivo: ele aumenta, filtra e amplifica o som ao redor para melhorar a clareza da audição. Funciona como um aparelho auditivo convencional, porém com a exigência de um aparelho com sistema Android e fones de ouvido apenas.

Além de ajudar pessoas com deficiência auditiva, esse utilitário pode auxiliar pessoas com perda de audição ou para escutar sons enquanto utilizam seus headphones para outra finalidade.

2. Voice Access

O Acesso por Voz permite executar ações por voz no celular, em vez de exigir o toque na tela (Imagem: Divulgação/Google)

Assistentea de voz ajudam muito a realizar comandos, mas não permite controlar totalmente o celular. Já o Acesso por voz (Voice Access), lançado em 2018, permite que as pessoas possam realizar qualquer atividade no telefone com a voz. Essa é uma necessidade para pessoas com deficiência severa, que não conseguem tocar na tela.

A ferramenta permite utilizar aplicativos, navegar entre telas, digitar mensagens e até mesmo ditar textos para serem escritos com a sua voz. Com o passar do tempo, o Google investiu em melhorias para tornar os comandos mais intuitivos e com melhor compreensão.

1. TalkBack

(Imagem: Captura de tela/Alveni Lisboa/Canaltech)

O TalkBack é o leitor de tela incluso nos dispositivos Android e permite controlar o celular sem usar os olhos. O app faz um escaneamento da tela e lê em voz alta todos os elementos que estão ali, assim pessoas com deficiência visual em todos os níveis podem executar as funções com mais facilidade.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.