Como descobrir qual é o melhor antivírus para você?

Por Douglas Ciriaco

Você já deve estar cansado de saber que é cilada navegar na internet sem ter um programa antivírus decente instalado em sua máquina. Mas quando você vai analisar as opções e escolher um bom software do gênero, é bem provável que surjam inúmeras dúvidas diante de seus olhos.

Isso porque as opções são variadas e também há diversas informações desencontradas sobre este setor. É comum ouvir que não existe antivírus gratuito bom de verdade ou então que alguns nomes bastante conhecidos não funcionam direito, o que nem sempre é verdade.

Leia também: Os melhores antivírus gratuitos e pagos

Então, as dúvidas não param. Vale a pena comprar um antivírus? Qual dos gratuitos é a melhor opção para o meu caso? E se eu for instalar um antivírus no Android, qual escolher? A ideia deste artigo é auxiliar você de um jeito prático e rápido.

De olho nos critérios

Avaliar qual a melhor opção de antivírus é algo relativo, especialmente porque tudo pode variar conforme o ambiente no qual ele está instalado e também no critério avaliado para definir isso. Normalmente, um bom antivírus é aquele que oferece mais proteção à sua máquina, mas ficar de olho apenas nisso pode não ser o suficiente.

Analisar as informações publicadas pela crítica especializada quanto ao desempenho (ou seja, o quanto ele consegue proteger o seu computador sem sobrecarregá-lo) e também à usabilidade (isto é, o quanto ele é fácil de ser interpretado e configurado) é essencial para ter uma boa relação com o software que vai proteger a sua máquina.

Se você tem uma máquina poderosa, focar apenas no principal, ou seja, na proteção, pode ser o suficiente. Isto porque é difícil que a sua máquina seja sobrecarregada enquanto o antivírus trabalha. Porém, se não é este o caso, optar por um programa capaz de oferece um bom equilibro entre proteção e desempenho é o ideal.

Vírus

De olho nos especialistas

Há uma série de laboratórios especializados em softwares antivírus que divulgam constantemente listas com os principais nomes do setor. Ficar atento ao que eles publicam é ideal para saber não apenas das últimas novidades, mas também quais programas são os melhores para você.

Nomes como AV-Comparatives, AV-Test, Dennis Technologies Lab, ICSA Labs, NSS Labs, Virus Bulletin e West Coast Labs figuram entre os principais do setor. Neles, você encontra relatórios que vão das análises gerais às mais detalhadas para um produto, além de novidades sobre vírus e informações minuciosas sobre as capacidades dos programas antivírus.

Pago ou gratuito?

Este é um ponto que pode gerar algumas discordâncias, porém, de modo geral, versões gratuitas contam com o mesmo sistema de defesa e detecção que a edição paga de um produto. E o mesmo se aplica aos programas que contam apenas com versões gratuitas.

Entenda que a versão gratuita não vem pela metade, mas traz o básico que qualquer pessoa precisa. A versão paga oferece alguns bônus, funcionando como um sistema completo de proteção, mas nem tudo que vem no pacote é essencial para um usuário comum.

Ou seja, se o foco do software é o uso doméstico, as ferramentas gratuitas disponíveis na web atualmente são mais do que suficientes. Além disso, ter cuidado ao navegar na internet e baixar programas apenas de fontes conhecidas, por exemplo, podem ser grandes contribuições para o seu antivírus.

Opte por marcas consagradas

Não se trata de ser resistente às mudanças e às novidades, mas, quando o assunto é segurança, optar por marcas já consolidadas no mercado acaba sendo a opção mais viável. Isso porque elas estão aí há anos sendo testadas por usuários e por especialistas, então é possível comprovar seu bom desempenho.

Além disso, não é incomum achar programas antivírus fajutos disponíveis na internet, algo terrível para a segurança de seu computador ou smartphone. Isso quer dizer que além de não oferecer proteção, muitas vezes esses programas podem facilitar o roubo de dados de seus dispositivos.

Então, sempre que estiver em dúvida não tenha medo de recorrer ao Google para pesquisar sobre um programa antivírus. Se ele for bom, com certeza vai ter uma porção de gente falando bem dele pela web.

Comparativos

O AV-Test conta com uma seção comparativa que é matadora na hora de obter informações rápidas e precisas a respeito de um antivírus. Navegando pela tela, você pode organizar os antivírus em ordem alfabética ou de avaliação (são três quesitos ao todo: proteção, desempenho e usabilidade).

Caso queira informações mais detalhadas, clique sobre um antivírus para acessar a análise completa feita pelo laboratório. E note também que os testes são feitos de tempos em tempos e para diferentes sistemas operacionais (Mac, Android e Windows) e perfis de usuário (doméstico e empresarial).

Em junho de 2015, 11 aplicativos alcançaram pontuação máxima no quesito proteção, mas apenas três deles obtiveram o mesmo sucesso quando o assunto era o desempenho do programa. Ao todo, 13 programas receberam pontuação máxima em relação à usabilidade — clique aqui para ver a comparação completa.

AV-Test

Filtrando todas estas opções, podemos cravar que o Avira Antivirus Pro 2015, Bitdefender Internet Security 2015 e o Kaspersky Lab Internet Security 2015 são as principais alternativas disponíveis atualmente para quem quer navegar na internet de maneira segura.

Todos os três programas citados acima são pagos, mas note que nomes como Panda Security Free Antivirus, Avast Free Antivirus e AVG Internet Security, todos gratuitos, também recebem uma ótima avaliação. Ou seja, os programas pagos são os melhores? É possível dizer que sim, mas os antivírus gratuitos podem muito bem dar conta do recado.

O Windows Defender, antivírus padrão do sistema operacional da Microsoft desde o Windows 8, tem desempenho alarmante nos testes do AV-Test. Comumente apontado como um dos melhores nomes gratuitos desde o seu lançamento, o aplicativo foi piorando ao longo do tempo.

A Microsoft ainda aposta em seu programa e afirma que ele é uma ótima opção para manter a sua máquina protegida, o que não deixa de ser verdade caso você seja um usuário avançado. Neste panorama, você sabe o que está fazendo na web e, com isso, não se expõe a situações de risco ao navegador na internet.

Internet exige cuidado

Independente do programa antivírus que você tem instalado em seus dispositivos, o essencial para não ter problemas é ter boas práticas. Seja no PC ou no smartphone, usar arquivos de fontes confiáveis e ficar atento a tudo o que você clica na web são costumes que precisam ser desenvolvidos.

Apenas isso já torna pouco provável que você seja alvo de vírus e malwares. Além disso, manter o antivírus sempre atualizado e ficar de olho também nas atualizações das bases de dados do programa é essencial para manter tudo seguro. Se um programa leva muitos dias para atualizar seu banco de dados, é provável que ele também não seja a melhor opção para ficar instalado em sua máquina.