Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Android vai melhorar conversão de texto em áudio

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 03 de Outubro de 2022 às 11h55

Link copiado!

Reprodução/Freepik
Reprodução/Freepik

O Google vai atualizar o serviço de conversão de textos em áudio para tornar a experiência aprimorada no Android. A empresa deve usar os avanços recentes do LaMDA (Language Model for Dialogue Applications) e similares para tornar os mecanismos de fala mais naturais, com vozes mais claras e audíveis.

Segundo os desenvolvedores, todas as 421 vozes nos 67 idiomas suportados foram atualizadas a partir de um novo modelo de voz sintetizada. São esperadas melhorias significativas na qualidade do áudio, o que deve facilitar a compreensão de modo geral.

Continua após a publicidade

Vários exemplos foram publicados no site do Google mostrando o funcionamento dos novos modelos. Há um antes e depois no qual é possível perceber nitidamente a diferença entre o padrão antigo e o novo, inclusive em português do Brasil.

A mudança também deve afetar principalmente os usuários de leitores de tela, como o TalkBack, dispositivos braile e lentes de aumento a garantir que suas configurações de acessibilidade sejam personalizadas para atender melhor às suas necessidades. Será possível configurar individualmente ajustes para cada app, conforme as especificidades de cada indivíduo.

A atualização deve chegar a todos os dispositivos Android de 64 bits por meio dos serviços de fala na Google Play Store a partir de agora. Quem já usa a conversão de texto em fala ou qualquer outro serviço baseado nesse mecanismo não precisará fazer nada, já que o próprio Android se encarregará de baixar a versão recente.

Ferramenta importante de acessibilidade

Se você não precisa desse recurso, possivelmente nunca o viu em funcionamento. Trata-se de uma funcionalidade crucial para pessoas com deficiência visual, pois a ferramenta lê todos os elementos presentes na tela do celular.

O modelo atual já é bem avançado dos protótipos originais, mas a leitura ainda é um tanto quanto robotizada. Com a mudança, o Google quer entregar uma solução que simule uma voz humana relatando os textos presentes na tela.

O recurso é usado em várias ferramentas não relacionadas à acessibilidade, como o Google Tradutor e o Google Play Livros. Logo, a atualização do modelo deve beneficiar a todos os usuários do Android de alguma maneira.

Desde o início do ano, os desenvolvedores estão preocupados em aprimorar recursos para pessoas com algum tipo de deficiência física. Em maio, o Google anunciou o suporte para displays em braile nativo no Android 13. Um mês antes, a empresa apresentou 8 novidades para ampliar acessibilidade para pessoas com deficiência.