Android 12 vai aposentar menus de compartilhamentos alternativos; entenda

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 31 de Maio de 2021 às 09h55
Divulgação/Google

O menu de compartilhamento do Android, conhecido como Sharesheet (aquele que surge da parte inferior da tela quando você seleciona o botão "compartilhar" em qualquer app) sempre foi gerenciado por regras bem abertas, permitindo que cada app criasse sua própria solução. Tal abordagem abriu caminho para várias bandejas de opções com o mesmo propósito, mas diferentes visuais, e até aplicativos voltados totalmente para essa tarefa, contudo, isso não deve mais acontecer no Android 12.

Desenvolvedores do Sharedr, app cujo único objetivo é substituir o menu de compartilhamento por algo mais enxuto, desconfiaram que o comportamento se tratava de um bug e o relataram ao suporte para desenvolvedores do Android. Entretanto, a novidade foi a reveleção de que, segundo uma resposta enviada ao XDA Developers, o Google "nunca teve intenção" de dar espaço para substitutos, mas, sim, permitir que apps em geral acessassem a ferramenta nativa.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Portanto, a próxima versão do sistema do robozinho não permitirá substituir a bandeja de compartilhamento nativa por nenhuma outra, nem mesmo por apps inteiramente focados em encaminhar conteúdo. De acordo com o site, ainda é possível acessar o Sharedr, por exemplo, mas o usuário precisará selecioná-lo a partir da bandeja de compartilhamento nativa, somando mais uma camada até finalizar o envio.

Embora tire a liberdade de escolha do usuário, padronizar o caminho para compartilhar conteúdo pode proporcionar melhorias gerais com o Android. Uma interface consistente, bem apresentada e uniforme em todo o sistema poupa a passagem pelas várias soluções disponíveis no aparelho.

Só no Android 12

Essa política mais restrita deve ser aplicada somente no Android 12, então usuários de versões anteriores podem continuar com suas bandejas alternativas. Não se sabe, também, se companhias com distribuições personalizadas — como Samsung e Xiaomi — terão que se submeter ao padrão do Google.

Mudanças como essa não estão escritas em pedra no período experimental e podem passar por revisões até o lançamento. Portanto, se você prefere soluções de outros desenvolvedores, resta torcer para que o Google recue e dê espaço para outros aplicativos.

Fonte: XDA Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.