Android 12 terá sistema aprimorado de tela dividida para aplicativos

Por Rubens Eishima | 22 de Janeiro de 2021 às 07h30
André Magalhães/Canaltech

Uma das novidades em desenvolvimento para o Android 12 envolve o recurso de multitarefa do sistema. De acordo com informações obtidas pelo site 9to5Google, a ferramenta passará por uma importante reformulação na próxima versão, que deve melhorar a usabilidade do recurso especialmente em aparelhos com tela dobrável e formatos exóticos.

A alteração revelada pelo site pode aposentar as soluções caseiras criadas pela Microsoft para o Surface Duo ou pela LG para o Wing. Batizada de “app pairs” (pares de apps, em tradução direta), a novidade simplifica a troca de aplicativos abertos nos aparelhos com tela dupla, mas tem o potencial de ajudar também modelos com telas grandes, caso dos celulares dobráveis.

Em vez do sistema atual de multitarefa, que trata o primeiro aplicativo como um item fixo no sistema, o novo método permitirá alternar entre pares de apps na tela de aplicativos recentes (acionado com o botão quadrado em algumas versões do Android, substituído pelo gesto de deslizar para cima mais recentemente).

Sistema atual não é muito intuitivo (Imagem: Rubens Eishima/Canaltech)

Assim, o usuário poderá trocar não apenas o aplicativo secundário (geralmente o da parte inferior), como também o principal, formando uma dupla no gerenciador de tarefas do Android.

Outra novidade descoberta pelo 9to5Google é que a barra divisória entre as janelas deve ganhar uma nova função, permitindo alternar as posições das duas janelas com dois toques rápidos, algo já oferecido por algumas personalizações das fabricantes.

O site não conseguiu confirmar se as alterações permitirão criar atalhos com dois apps pré-selecionados, opção oferecida com o mesmo nome “app pairs“ pela Samsung em sua personalização One UI.

As primeiras versões de desenvolvimento do Android 12 devem ser lançadas ainda no primeiro trimestre, caso o Google siga o cronograma das versões anteriores. É possível ainda que o novo sistema seja incluído apenas nas versões beta, esperadas para o segundo semestre de 2021. Isso sem contar na demora das fabricantes para atualizar seus celulares...

Fonte: 9to5Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.