Notícias

Anvisa bloqueia app de conferência remota Zoom devido a problemas de segurança

Por Claudio Yuge | 06 de Abril de 2020 às 18h35

Desde que o distanciamento social passou a ser aplicado com mais amplitude em outros países, vimos a ascensão do uso massivo dos utilitários de conferência remota, a exemplo do Hangouts e do Microsoft Teams. O app Zoom, que também vinha progredindo nessa seara e viu sua popularidade bombar com a crise do novo coronavírus (SARS-CoV-2), aparentemente não estava preparado para tanto sucesso e agora vem sofrendo com problemas de segurança. E é justamente por conta disso que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu bloquear o uso entre seus funcionários.

Para ter uma ideia, em pouco mais de um mês, o Zoom passou de apenas 10 milhões para 200 milhões de usuários. No Brasil, foram mais de 290 mil downloads, com pico no mês de março. Só que o “Zoombombing”, a invasão de hackers em teleconferências do utilitário, ligou o alerta na companhia. Logo ela interrompeu o lançamento de funções para focar na segurança. Além disso, anunciou medidas extras, como exigência de senha e fim do compartilhamento de dados com o Facebook, entre outras.

Em comunicado aos funcionários, a Anvisa alerta sobre brechas que podem permitir acesso não autorizado à câmera e ao microfone, além de roubo de credenciais e senhas, assim como a coleta e o envio de informações das ligações. “A Gerência Geral de Tecnologia da Informação solicita que todos os usuários que utilizam o Zoom desinstalem imediatamente dos seus computadores, celulares e/ou tablets, e alterem suas senhas o quanto antes”, diz a nota.

Imagem: Reprodução/9to5Google

No lugar do Zoom, a Anvisa sugere que seus profissionais passem a usar o Microsoft Teams para reuniões e videoconferências. A agência diz também que está frequentemente em contato com especialistas e sites de segurança, o que “permite a adoção de medidas de segurança de forma rápida e proativa, identificando possíveis vulnerabilidades nas ferramentas utilizadas internamente pela Anvisa”. Após as correções do utilitário, já em andamento, o órgão do governo diz que vai avaliar novamente a possibilidade de uso.

Trending Canaltech

Espaço

Fim do Sistema Solar | Como a Via Láctea vai nos destruir em 1 trilhão de anos

Games

Sony estaria banindo donos de PS5 que abusam da PlayStation Plus Collection

Entretenimento

Lançamentos da Netflix na semana (27/11/2020)

Mais sobre Hacker

Hacker

Vazamento de senhas do Ministério da Saúde expõe pacientes da COVID, diz jornal

Espionagem

Bug do Messenger permitia que conversas via áudio fossem interceptadas

Hacker

TSE confirma ataque DDoS e lembra que urnas não estão conectadas à internet