Análise | Controle G4 Pro oferece experiência premium em preço convencional

Por Wagner Wakka | 18 de Janeiro de 2021 às 10h00
Wagner Wakka/Canaltech

A Apple Arcade e o xCloud levantaram a barra do que se espera de um jogo para smartphones. Os serviços começaram a trazer games mais complexos para mesa e que exigem também controles mais precisos que o touch na tela. Mas será que vale comprar um produto desse só para isso?

O GameSir G4 Pro chega com uma proposta bem interessante para versatilidade em games tanto no smartphone, como em PC e até no Nintendo Switch. O controle carrega uma série de pequenos detalhes que podem parecer menos importantes, mas que, após experimentar, fica difícil voltar ao estágio anterior.

Primeiro, é preciso posicionar este produto no mercado. Ele tem boas características, que lembram um produto premium, mas com preço amigável. Lá nos Estados Unidos é vendido a US$ 49, sendo encontrado por aqui no Brasil em seus R$ 250 a R$ 300. Ou seja, nada muito diferente de controles de PlayStation, Xbox e até mesmo Switch.

Modelo funciona também com PCs e Switch (Foto: Wagner Wakka/Canaltech)

Estrutura

Como apontado no começo deste texto, o G4 Pro tem uma “carinha” de produto premium. Um dos motivos disso está na textura emborrachada dos apoios de mão. Este é um detalhe que Sony e Microsoft adicionaram a seus joysticks agora nos consoles mais recentes e que ajuda muito na hora de manter o acessório na mão.

Outra característica notável em estrutura está nos gatilhos. Os botões de ombro do aparelho são feitos em metal, o que também passa uma impressão de robustez para a peça.

Ambos analógicos são firmes, sem folgas e oferecem um controle bastante preciso dos movimentos. Como estamos falando de um controle para smartphone (principalmente xCloud) e PC, a configuração de analógicos segue a do Xbox. Ou seja, o analógico esquerdo é posicionado mais acima que o direito.

Detalhes emborrachados dos apoios de mão (Foto: Wagner Wakka/Canaltech)

Ainda pensado em jogatina mobile, o G4 Pro traz um suporte para apoiar o smartphone na horizontal. A peça pode ficar fixa em duas posições bastante firmes e segura o aparelho por uma mola que abraças as laterias do seu dispositivo.

Alguns detalhes chamam atenção aqui. Primeiro que há borrachas com texturas em ambos os lados deste apoio, que não só ajudam a manter o smartphone mais seguro, bem como não agridem as laterias do aparelho enquanto o mantêm firmes.

Um segundo ponto é que a mola que permite abrir o braço para encaixar o smartphone é bastante larga. Ou seja, o G4 pro é um controle compatível até mesmo com aquele smartphone com a tela bem grande. Todos os dispositivos testados no Canaltech, até com os maiores displays, entraram com facilidade aqui.

Versatilidade

Um leitor mais atento pode ter percebido que ainda não falamos sobre as configurações dos botões deste aparelho. O G4 Pro traz aqui também um padrão ABXY para os botões, com foco em Xbox (no PC e smartphone) e Switch. Ponto importante: não, ele não funciona como um controle extra para o PlayStation 4.

Como as posições dos botões AB e XY são invertidas no Xbox e Switch, o G4 Pro permite ao jogador trocar todos eles de lugar e configurar da forma que lhe convier. É isso mesmo: basta tirar o botão, como se fosse de um teclado, e inverter com outro.

Botões são destacáveis e se prendem com imã (Foto: Wagner Wakka/Canaltech)

A GameSir faz isso usando um botão imantando, que não fica peso com garrinhas de plástico, como acontece com controles convencionais. Assim, é possível tirar a peça à vontade e colocar em outro lugar sem se preocupar em desgastá-las. Novamente, estamos falando de um detalhe, mas que é muito bem-vindo quando se passa de um game de Xbox para um de Switch e os botoes se embaralham todos na tela.

Por fim, o controle também tem outros dois botões escondidos abaixo do suporte para smartphones que são um de tirar capturas de tela e outro turbo. Este último significa que você pode configurar um botão em específico do controle que, quando segurado, vai se comportar como se tivesse sendo apertado várias vezes muito rápido.

Suporte é bastante amplo para vários smartphones diferentes (Foto: Wagner Wakka/Canaltech)

Conexão fácil

Outro ponto bem interessante deste produto é que ele pode ficar sincronizado com vários dispositivos ao mesmo tempo, sem que um aparelho interfira no outro. Nos testes do Canaltech, conectamos em um smartphone e um Chromebook (ambos para xCloud), um Switch e um PC (aqui por fio).

O segredo para independência entre eles está no fato de que é necessário dar um input inicial para que ele se conecte em cada um dos aparelhos. É assim: se o G4 Pro é ligado segurando o botão Home + Y, ele se conecta a um PC ou Xbox, com uma luz piscando em verde. Caso se ligue com Home + X, aí se conecta ao Switch. Fazendo o mesmo com Home + A, ele busca por uma conexão com smartphone.

Cores do botão home indicam qual aparelho está conectado (Foto: Wagner Wakka/Canaltech)

Aliás, o controle se conecta por Bluetooth como um fone de ouvido sem fio em smartphones e PCs. Segurando o botão Home + A, o aparelho já é reconhecido entre as opções de conexão no celular. Pode parecer pouco intuitivo este conjunto de botões, mas o controle acompanha um manual que explica certinho como ligar em cada um dos dispositivos evitando que o controle de um aparelho interfira em outro.

Bateria

Um dos pontos importantes para quem joga é quanto tempo o acessório consegue ficar ligado. Ao contrário de controles do Xbox, este não conta pilhas, mas uma bateria interna de 800 mAh. Em comparação com smartphones, isso pode parecer pouco. Entretanto, estamos falando de um aparelho que não tem tela nem som próprios, de forma que gasta pouquíssima bateria na utilização.

Assim, pode esperar umas boas 20 horas de gameplay direto, experiência semelhante a de controles atuais de PlayStation e Xbox. O aparelho acompanha um cabo USB-C para ser carregado. No PC, enquanto se joga com ele cabeado, o dispositivo também continua carregando.

Aparelho é recarregado em conector USB-C (Foto: Wagner Wakka/Canaltech)

Detalhes positivos e negativos

Um cuidado que a GameSir traz para este aparelho em relação ao Switch está no giroscópio. Grande parte dos games do consoles da Nintendo usam dos sensores de movimento dos joy-cons.

Como o G4 Pro tem um giroscópio próprio, o jogador pode continuar usando os sensores de movimento dos games no Switch que não exigem lá tanta precisão assim. Vale lembrar que o controle da GameSir também tem um sistema de vibração, semelhante aos joysticks de PlayStation 4 e Xbox One.

Uma crítica que se pode fazer a este acessório, contudo, está na falta de uma saída para fones de ouvido. Controles atuais possuem uma saída P2 (3,5 mm) para headsets. A quem está acostumado a jogar falando com amigos em chat, ter esta opção seria uma boa pedida.

A falta de uma saída desta é um ponto controverso, tendo em vista que estamos falando de um controle com foco em smartphones, os quais geralmente já trazem suas próprias saídas de som.

Vale a pena? 

O GameSir G4 Pro não é mais um daqueles controles baratos sem qualidade que se tem no mercado. Pelo contrário, ele traz um preço justo, no mesmo patamar de controles atuais, mas com características de produtos premium. A possibilidade de acoplar um smartphone ao controle é uma boa pedida, mas o destaque do aparelho está nos botões personalizáveis. O mecanismo de imã parece ter sido minuciosamente pensado para que os botões fossem cambiáveis sem que isso influenciasse na jogabilidade, precisão e vida útil do controle.

Se você precisa de um controle para se divertir em games no smartphone, mas que também funciona em Xbox, PC e Switch, pode adquirir o GameSir G4 Pro na BangGood por apenas R$ 271,81. Mas atenção: como o produto vem da China, taxas de importação podem se aplicar.

Soma-se a isso outras características de controle premium como os gatilhos em metal e a textura em borracha nos apoiadores das mãos. Ou seja, o G4 Pro é um aparelho bem acima do esperado pelo preço que cobra por isso. Ele é vendido pela GameSir, já disponível no mercado brasileiro.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.