Windows 11 pode trazer de volta antiga função da Barra de Tarefas

Windows 11 pode trazer de volta antiga função da Barra de Tarefas

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 01 de Novembro de 2021 às 12h37
Reprodução/Microsoft

A Barra de Tarefas do Windows 11 passou por uma renovação bem grande em visual, mas isso custou uma série de funcionalidades conhecidas de versões anteriores do sistema operacional — uma delas era a capacidade de arrastar e soltar arquivos para a seção, seja para levar de um programa para outro ou para fixar um atalho. Felizmente para quem sentia falta dessa função, a Microsoft aparentemente quer trazê-la de volta.

Fontes inteiradas no assunto disseram ao site Deskmodder que a Barra de Tarefas pode receber a novidade de volta e os membros do programa Windows Insider no canal Dev seriam os primeiros a testá-la. A função supostamente está em desenvolvimento desde agosto deste ano, mas não conseguiu ser preparada a tempo de passar por avaliações antes do lançamento em outubro.

Não dá mais para inserir arquivos ou programas na Barra de Tarefas do Windows 11 (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Quando o Windows 11 foi liberado para testadores, a ausência dessa função foi profundamente sentida pela comunidade mais ligada no sistema operacional. Na época, porém, foi dada uma “colher de chá” para a Microsoft, considerando que o SO estava em evidente construção no período de testes.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O lançamento da versão final, porém, desmentiu essa teoria. A função não chegou no sistema operacional e a MS respondeu os usuários com comentários genéricos nada reconfortantes do tipo “estamos analisando a possibilidade de reinserir esse recurso”.

A função de "arrasta e solta" ainda está presente no Windows 11, mas requer que o usuário faça gambiarras no registro para que funcione (Imagem: Reprodução/MS PowerUser)

Só em outubro de 2022

A previsão, segundo as fontes do site, é que a função ganhe contornos mais consistentes a partir de dezembro. Contudo, só em outubro 2022 os usuários da versão estável poderiam utilizá-la como faziam no Windows 10, já que a função faria parte da atualização 22H2.

Ainda que essa função esteja voltando, a Barra de Tarefas do Windows 11 ainda é menos versátil que a seção de versões anteriores do sistema. Outra função que foi abandonada foi a opção de posicionar a barra em outras áreas da tela (nas laterais ou parte superior da tela) e também de acessar o Gerenciador de Tarefas a partir do menu de contexto.

Conforme relatado na análise do sistema operacional feita pelo Canaltech, o abandono de funções da Barra de Tarefas foi um ponto muito ruim de digerir, principalmente para quem era habituado com os antigos atalhos. Tomara que, com o tempo, a Microsoft coloque de volta os recursos mais pedidos pelos usuários, assim como deve fazer com o “arrasta e solta”.

Fonte: The Washington Post, TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.