Microsoft estende atualizações de segurança do Windows 7 por mais um ano

Por Nathan Vieira | 26 de Agosto de 2019 às 15h00
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

A semana começa com novidades para os clientes da Microsoft. Isso porque a empresa divulgou nesta segunda-feira (26) que estenderá as atualizações de segurança do Windows 7 para aqueles que possuem assinaturas ativas do Windows 10 Enterprise E5, do Microsoft 365 E5 ou do Microsoft 365 E5 Security.

Daqui quatro meses (em janeiro de 2020), o Windows 7 chegará ao fim da vida útil e não receberá mais atualizações de segurança, o que representa um problema para algumas empresas que ainda trabalham com esse sistema operacional. Parando de receber patches de segurança, as empresas ficam vulneráveis ​​a malwares e ataques. E foi pensando nisso que a empresa de Satya Nadella compartilhou um documento anunciando que atualizações de segurança estendidas do Windows 7 seriam feitas para alguns clientes específicos.

O Windows 10 Enterprise E5 e o Microsoft 365 E5 são as assinaturas de nível superior do sistema operacional ou pacotes que incluem a antiga versão do sistema operacional. Basicamente, tratam-se dos planos mais caros em suas linhas específicas. Por sua vez, essas atualizações de segurança estendidas do Windows 7 foram anunciadas em setembro de 2018, lançadas como último recurso para organizações incapazes de sair do sistema operacional antes de 2020.

Algumas empresas ainda precisam da segurança para o Windows 7

Vale lembrar que essa "promoção" da Microsoft dura até 31 de dezembro deste ano. Ela consiste no fornecimento do primeiro ano de Atualizações de Segurança Estendidas a todos os assinantes dos planos elegíveis, caso essas assinaturas tenham sido adquiridas antes do final deste ano e ainda estejam ativas no último dia de dezembro. "As licenças de assinatura qualificadas devem permanecer ativas durante todo o período de cobertura das atualizações ou a cobertura gratuita expira com a assinatura", explica a Microsoft no documento.

Já o segundo ano de atualizações de segurança pode ser adquirido separadamente por US$ 50 (equivalente a R$ 207), e o terceiro ano por US$ 100 (R$ 415), para cada dispositivo. No entanto, a própria Microsoft não acha que pagar a mais pela camada extra de segurança seja necessário. "Acreditamos que a maioria dos clientes que precisam adquirir as atualizações de segurança estendida do Windows 7 precisa apenas da cobertura do primeiro ano", aponta a empresa.

Fonte: Computer World via Tech Crunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.