Publicidade

Menu Iniciar do Windows 11 terá novidades para ficar mais organizado

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 05 de Abril de 2022 às 14h09

Link copiado!

Pixabay/Kirillemelyanov06
Pixabay/Kirillemelyanov06
Tudo sobre Microsoft

A atualização que incrementa o Menu Iniciar do Windows 11 com pastas para aplicativos foi oficializada pela Microsoft nesta terça (5). Vista pela primeira vez em versões experimentais do sistema operacional, a função permitirá aglutinar dois ou mais atalhos para aplicativos e pastas fixados na seção para ocupar um único espaço na grade, expansível com um clique.

O recurso é bem parecido com o que já existia no Menu Iniciar do Windows 10, em que era possível juntar vários ícones numa única pasta. A solução garante mais uma camada de personalização e organização do sistema, abrindo espaço para arranjos de atalhos ainda mais robustos e úteis para o dia a dia.

Continua após a publicidade

Em vídeo demonstrativo, a Microsoft exibiu como uma pasta de atalhos deve se parecer no Menu Iniciar: os ícones dos programas incluídos aparecem como prévia na grade, num agrupamento que pode ser renomeado à vontade. Para criar uma pasta, o processo deve ser o mesmo do Win 10: selecionar um ícone, arrastá-lo sobre outro e soltar.

A novidade faz parte do pacote de ferramentas anunciadas para incrementar a produtividade com o Windows 11, pensando principalmente no trabalho remoto. As adições, porém, não serão limitadas às edições corporativas do sistema operacional, chegando para o público geral em breve.

Foco em produtividade

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Além das pastas do Menu Iniciar, a Microsoft anunciou a chegada de abas ao Explorador de Arquivos — outra função amplamente aguardada pelos usuários há anos. Da mesma forma, a ferramenta foi encontrada em versões experimentais do sistema operacional antes de ser apresentada em conferência.

A Microsoft não comentou nada sobre a data de lançamento, então a expectativa é que as pastas do Menu Iniciar sejam liberadas na grande atualização do ano, prevista para o segundo semestre de 2022.

Fonte: Microsoft