Google Glass pode causar dores nos olhos, confirma médico

Por Redação | 19 de Maio de 2014 às 17h10
photo_camera Divulgação

Após a utilização dos óculos inteligentes Google Glass, muitas pessoas reclaram de dores de cabeça ou algum desconforto ocular. Para tirar a dúvida, o pessoal do Betabeat se encontrou com um especialista no assunto e ele confirmou: utilizar o gadget pode realmente causar dores nos olhos.

As afirmações são do médico oftalmologista Dr. Eli Peli, optometrista de Harvard que é o consultor do próprio Google para o Google Glass.

De acordo com o médico, as pessoas não estão acostumadas a olhar para onde está o display do Google Glass, no canto superior direito, por tanto tempo. "As únicas pessoas que olham para cima por muito tempo são profissionais como eletricistas e pintores", disse Peli. "A maioria de nós olha para frente e para baixo. Todo mundo sabe que olhar para cima é menos confortável".

O Google chegou a considerar outra posição para o display, como acima ou abaixo da linha ocular, porém, isso obstruiu o campo de visão. A alternativa foi deixar onde está, o que, segundo Peli, vai naturalmente causar dor nos olhos.

"Você anda com um perna atrás da outra, mas tente ficar parado com uma perna só por muito tempo: você sentirá tensão, pois não está naturalmente acostumado com isso", exemplificou.

Os óculos não foram criados com a expectativa de que os usuários os utilizem o tempo todo, mas sim para microações, como checar direções, ler textos, tirar fotos. Não são adequados para ver streaming de vídeos, por exemplo. Mas, segundo Peli, ao começar a utilizar o gadget, a inclinação natural do usuário é testar aplicativos e funcionalidades, o que seria a causa das "dores de cabeça".

"Não é uma dor de cabeça; é como um desconforto natural dos músculos dos olhos", explicou. As dores passam em até uma semana, até que os músculos dos olhos se acostumem a mirar na direção do display e os usuários passem a utilizar essa posição apenas quando necessário.

Aplicativos que prolongam o hábito também podem ser causadores dessas dores. Além de testar em longas sessões, usuários e desenvolvedores já estão utilizando o Google Glass para funções que não estavam no plano inicial do projeto, como reconhecimento facial em tempo real.

Para os especialistas em tecnologia, é preciso que haja um tutorial mais específico dizendo como usar o gadget e um alerta sobre possíveis dores. Contudo, o Google deve evitar o assunto sobre males à saúde, principalmente nesta fase de testes, pois isso prejudicaria a popularização do produto no mercado.

Segundo o Dr. Peli, o maior conselho é evitar o uso exagerado. "A recomendação é não abusar [do Google Glass] quando você inicia o uso. Use da forma recomendada, corretamente, desde o começo".

Fonte: http://betabeat.com/2014/05/googles-eye-doctor-admits-glass-can-cause-pain/

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.