Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Quem inventou a motocicleta?

Por| Editado por Jones Oliveira | 18 de Maio de 2022 às 11h00

Link copiado!

Wladyslaw/Wikimedia Commons/CC
Wladyslaw/Wikimedia Commons/CC

A missão de saber quem inventou a motocicleta é quase tão árdua quanto apontar, com 100% de certeza, quem é o responsável pela criação do primeiro carro do mundo. Por que? Simplesmente porque existem várias teorias a respeito do assunto e, consequentemente, vários candidatos a “pai da criança” ou, no caso, da motocicleta.

A primeira teoria sobre quem inventou a motocicleta dá a honraria a não uma, mas duas pessoas. O curioso é que elas não trabalharam juntas no projeto, pois eram de países diferentes, e tampouco se conheciam.

A segunda teoria leva em conta o aparecimento da motocicleta com motor a combustão e, quando o recorte é esse, ao menos há consenso sobre quem é considerado o verdadeiro inventor da motocicleta.

Continua após a publicidade

Vamos conhecer um pouquinho mais a fundo essas duas teorias? Depois disso, como diria o antigo programa de TV que dava aos telespectadores o poder de decidir o final das histórias, quando for conversar com alguém a respeito de quem inventou a motocicleta, você decide.

Um “pai” nos EUA, outro na França

Alguns historiadores dizem que Sylvester Roper, nos Estados Unidos, e Louis Perreaux, na França, teriam fabricado, ao mesmo tempo, um tipo de bicicleta equipada com motor a vapor, em 1869. Esse tipo de propulsão era bastante comum à época, principalmente em navios e em locomotivas.

Continua após a publicidade

A invenção de Sylvester Roper e de Louis Perreaux, no entanto, não emplacou, principalmente pelo fato de a motocicleta inventada por eles ser muito barulhenta e emitir um cheiro desagradável, incomodando as pessoas e assustando animais como cavalos, que eram utilizados para locomoção por boa parte da população.

Por conta disso, novas experiências para tentar adaptar um motor a vapor eficiente, menos barulhento e com emissão de gases menos “fedidos” em veículos leves, como as motocicletas, foram se acumulando por alguns anos, até que, finalmente, quase dus décadas mais tarde, aconteceu.

Motocicleta nasceu com “sangue” da Mercedes

A segunda teoria sobre quem inventou a motocicleta remete a dois nomes bastante conhecidos para quem já leu algo a respeito da criação do carro: Gottlieb Daimler e Wilhelm Maybach. Sim, você não leu errado. Daimler e Maybach, que têm DNA da Mercedes-Benz, marca premium que é sinônimo de luxo e requinte quando o assunto é carro.

Continua após a publicidade

A corrente mais forte sobre quem é o verdadeiro “pai” da motocicleta diz que Gottliebb e Maybach construíram juntos, em 1885, um veículo com quadro de madeira, rodas de madeira e um motor de combustão interna desenvolvido pelo engenheiro Nikolaus August Otto.

Como era a primeira motocicleta?

Para explicar como era a primeira motocicleta do mundo, teremos que “tomar partido” sobre quem, efetivamente, inventou o veículo. E, para esta matéria, vamos adotar a corrente mais defendida entre os inventores, ou seja, a de Gottlieb e Wilhelm (Sylvester Roper e Louis Perreaux que nos desculpem).

Continua após a publicidade

A primeira motocicleta utilizava, como dissemos, o motor de quatro tempos desenvolvido pelo engenheiro Nikolaus August Otto. Ela desenvolvia 18 km/h de velocidade máxima e tinha potência de 0,5 cavalos. Isso mesmo: meio cavalo. E isso perdurou por bons anos, mais precisamente até 1894.

As primeiras motos em série

A partir daí, tudo mudou graças à entrada da fábrica de motores Hildebrand & Wolfmüller no circuito. A montadora patenteou um modelo para comercialização em Munique, na Alemanha, e então apareceu, finalmente, a primeira motocicleta de produção em série do mundo.

Continua após a publicidade

Depois dela, vieram a motoneta, ou scooter, hoje tão famosa e também chamada de Vespa, inventada pelo francês Georges Gauthier, em 1902, e o sidecar, moto com uma roda lateral unida ao chassi por meio de um eixo. Em 1945, após a Segunda Guerra Mundial, soldados estadunidenses passaram a customizar as motos produzidas pela Harley-Davidson. E aí o mundo sobre duas rodas se reinventou de uma vez por todas.

Com informações: Viagem de Moto, Tudo de Motos e Revista Galileu