Para não ser demitido, homem culpa Siri por xingamento ao chefe em e-mail

Para não ser demitido, homem culpa Siri por xingamento ao chefe em e-mail

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 06 de Agosto de 2021 às 16h11
Foto: Miguel Tomás (Unsplash)

Quem nunca foi traído pelo corretor automático do celular que atire a primeira pedra. Mas você já ouviu falar de alguém que se meteu em uma enrascada por causa de um assistente virtual, como a Siri ou a Alexa? Pois foi exatamente isso que aconteceu com um homem nos Estados Unidos — ou, pelo menos, é o que ele alega.

Meech, como é apelidado, compartilhou no Twitter a sua experiência nada agradável com o ajudante da Maçã. O seu Apple Watch captou trechos de uma conversa dele consigo mesmo e redigiu um e-mail endereçado ao seu chefe com uma mensagem pouco amistosa. Ele explicou o ocorrido na sua rede social:

"Acabei de receber uma mensagem do meu chefe sobre algo que eu coloquei obviamente em um e-mail e respondi no meu Apple Watch, mas disse em voz alta 'você não leu, porra?' enviei também".

O nova-iorquino se irritou com o fato do patrão ter questionado algo já dito anteriormente e acabou ditando para o Siri a sua indignação. Não era para ter sido enviado, obviamente, mas acabou chegando direto na caixa de entrada do chefe. Com medo de ser demitido, ele ligou imediatamente para se desculpar e jogou tudo nas costas do Siri.

A estratégia parece ter funcionado, afinal Meech publicou outro tuíte para informar que continua empregado. Essa foi por pouco, hein? Fica a lição para que todos revisem tudo antes de mandar e tomem cuidado ao ditar algo para o assistente virtual, principalmente se isso for enviado para chefe, cônjuge, familiar ou amigo.

Fonte: Meech  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.