Qualcomm anuncia tecnologia que permite internet residencial totalmente sem fio

Por Rafael Rodrigues da Silva | 21 de Outubro de 2019 às 10h45
Tudo sobre

Qualcomm

Saiba tudo sobre Qualcomm

Ver mais

Na última semana, a Qualcomm divulgou uma novidade em sua tecnologia 5G: um novo design de referência para conexões sem fio fixas (FWA) baseadas em 5G. Essa tecnologia inovadora terá como principal objetivo permitir a integração das mais avançadas tecnologias de conectividade da empresa, incluindo a segunda geração dos modens 5G Snapdragon X55 e a plataforma para conexões Wi-Fi 6 de alta performance Networking Pro 1200.

Com o novo design de referência da Qualcomm, as operadoras de telefonia, provedoras de internet e fabricantes de roteadores e outros equipamentos de conexão poderão desenvolver mais rapidamente soluções de integração e entregar uma solução de internet domiciliar totalmente sem fio utilizando as tecnologias de rede 5G e Wi-Fi 6 da Qualcomm, o que permitiria aos consumidores não precisar mais de soluções que necessitam de um fio vindo da rua e entrando na casa, como acontece hoje nas redes residenciais de banda larga ou por fibra ótica.

A vantagem do novo design é que ele oferece às operadoras e aos consumidores residenciais não apenas uma opção de internet totalmente sem fio, mas também possui a mesma velocidade e qualidade de conexão das redes de fibra ótica tradicionais — algo que não existe nos atuais serviços de internet totalmente sem fio, que não possuem nem a mesma velocidade, nem a mesma qualidade de conexão da fibra ótica.

De acordo com Gautam Sheoran, diretor sênior de produtos da Qualcomm, o novo design de referência é apenas mais um exemplo de como a tecnologia 5G pode ser importante para muito mais mercados além dos smartphones. A ideia de uma rede de internet domiciliar totalmente sem fio é algo que ele considera algo bastante disruptivo e que também deverá ajudar na criação de ambientes totalmente conectados com IoT (internet das coisas).

Essa nova tecnologia também abre muitas possibilidades para as operadoras, que poderão ter ainda mais retorno dos seus investimentos em estrutura 5G, podendo vender planos de dados não apenas para quem possui smartphones, mas também para os clientes residenciais em áreas onde não há opções de banda larga e fibra ótica. Além disso, a solução pode ser ótima também para as pessoas que vivem de aluguel ou que estão constantemente mudando de endereço, pois permite contratar um serviço de internet com ativação imediata e que não necessita devolver nenhum equipamento para a operadora para se efetuar o cancelamento.

A Qualcomm espera lançar as primeiras aplicações comerciais dessa nova tecnologia na metade de 2020.

Fonte: Qualcomm

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.