Oi libera sinal de TV por assinatura para ajudar clientes em quarentena

Por Alberto Rocha | 15 de Março de 2020 às 13h00
Tudo sobre

Oi

Saiba tudo sobre Oi

Ver mais

No combate ao novo coronavírus, empresas e instituições de vários setores têm adotado medidas interessantes para ajudar seus clientes e colaboradores. No segmento das operadoras de telefonia, a Claro, por exemplo, anunciou a ampliação de franquia nos planos de banda larga e móveis. Agora é a vez da Oi.

A operadora acaba de anunciar, neste domingo (15), que está liberando o sinal de 14 canais (Nick, Nick Jr, E!, AXN, A&E, H2, Lifetime, Cinemax, Sony, os canais Telecine, Comedy Central, VH1 Megahits e Paramount) para todos os seus clientes de TV por assinatura, satélite e IPTV.

A medida é válida até o dia 28 de março, e tem como objetivo ajudar quem ficar de quarentena ou trabalhando em casa no período.

Seguindo a tendência de várias empresas, a Oi orienta que todos os seus colaboradores, parceiros e fornecedores que tenham tido contato com pessoas com casos suspeitos ou confirmados fiquem trabalhando de casa pelo período de 14 dias.

O mesmo também vale para quem retornou de viagens, essas que serão reduzidas, assim como eventos internos e externos reduzidos.

Oi avalia liberar franquia de dados aos clientes

Diferente da concorrente, a Oi ainda analisa o aumento da franquia de dados móveis e banda larga, principalmente em relação ao acesso de URLs que forneçam informações úteis sobre o Coronavírus, como a página do Ministério da Saúde, por exemplo.

Por outro lado, a companhoa ampliou o acesso a serviços digitais como segunda via de conta e solicitação de serviços e reparos para que os usuários não precisem ir até postos de atendimento ou serem prejudicados caso haja algum problema com as postagens.

Vale ressaltar que a companhia disponibilizará de forma gratuita o envio de mensagens de texto com informações oficiais para sua base de usuários e ampliou o acesso a serviços digitais, como segunda via de conta e solicitação de serviços e reparos, para que os usuários não precisem ir até postos de atendimento ou sejam prejudicados caso haja algum problema com as postagens.

Fonte: Oi

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.