Publicidade

Anatel lança ferramenta online grátis para comparar ofertas de operadoras 

Por| 03 de Junho de 2024 às 20h18

Link copiado!

Pexels/Greta Hoffman
Pexels/Greta Hoffman

Um dos maiores inconvenientes quando você está buscando as ofertas as operadoras de telefonia móvel e fixa, banda larga e TV pode assinatura é encontrar a melhor combinação para o perfil de sua região específica. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) foi além e criou uma ferramenta que disponibiliza isso tudo alinhando com novas regras do Regulamento Geral de Direitos do Consumidor (RGC).

O RGC foi criado em 2014 para definir os direitos dos consumidores de telecomunicações e estabelece que as operadoras devem “disponibilizar informações suficientes sobre suas ofertas, de forma a permitir a comparação de pacotes entre empresas diferentes”.

As principais mudanças no regulamento, propostas em outubro do ano passado, são a proibição de cobrança no primeiro mês de inadimplência, a dispensa da empresa de manter lojas físicas próprias e a liberação de planos exclusivamente digitais. Além disso, as operadoras também podem migrar os clientes automaticamente para novos planos em caso de extinção dos atuais; e de ausência de manifestação do cliente sobre adesão a um novo plano.

Continua após a publicidade

Como comparar as ofertas de operadoras com o app da Anatel?

Bem, para usar o app da Anatel é bem simples e gratuito. Primeiro, você precisar acessar o link do serviço chamado Anatel Busca ofertas (https://apps.anatel.gov.br/BuscaOfertaMobile/OfertasPorServico), e, em seguida, inserir dados sobre onde mora. 

A partir daí, é só confirmar a localização para ver as ofertas de preço, modalidade de pagamento, nome da empresa e volume de dados. É possível filtrar as modalidades telefonia móvel, banda larga, TV por assinatura, telefonia fixa e combos com os serviços anteriores. É possível também consultar o histórico de ofertas.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Além de ajudar na busca, a ferramenta também pode evitar uma prática que as operadoras não admitem e há suspeitas de que acontece nos bastidores, que é o compartilhamento de dados. Quantas vezes você foi atrás de uma oferta e, logo em seguida, começou a receber várias mensagens sobre adesão de planos? — pois é, com a nova ferramenta da Anatel, a expectativa é de que isso não aconteça.