Governo anuncia que vai adiar o fim da TV analógica em cidades menores

Por Redação | 22.08.2012 às 11:38

O Ministério das Comunicações informou nesta terça-feira (21) durante o Congresso SET que as operações de encerramento da TV analógica em território nacional acontecerão de forma gradual a partir de 2015. As primeiras cidades a terem o apagão do sinal serão São Paulo e outras três capitais.

Genildo Lins, secretário de Serviços de Comunicação Eletrônica do Minicom afirmou que a maioria dos centros urbanos deverá seguir o plano previsto no decreto do Sistema Brasileiro de TV Digital implantado pelo governo a partir de junho de 2016. "Nos Estados Unidos ainda não desligaram completamente a TV analógica", afirmou Lins ao Tela Viva.

TV analógica descarte

Até 2016, 477 cidades brasileiras deixarão te receber o sinal analógico

O governo, por sua vez, também estuda a possibilidade de reeditar o decreto da TV Digital para permitir o sinal analógico em pequenas cidades do interior do Brasil, depois da data estipulada para o chamado switch off.

O adiamento do fim das atividades do sinal digital irá obrigar o governo, especialmente a Anatel, a tratar com muita atenção a disponibilização das frequências digitais para manter os canais de televisão aberta.

A região metropolitana de São Paulo, incluindo 27 municípios, terá o processo de switch off iniciado em março de 2015 e, logo em seguida, virão as regiões de Brasília e as capitais do Sudeste do país com os respectivos municípios de suas regiões metropolitanas. E ainda no mesmo ano, serão desligados os sinais analógicos das capitais do Nordeste e mais 35 cidades.

Patrícia Ávilla, diretora de outorga da Secretaria de Serviços de Comunicação Eletrônica, também afirmou durante o evento que o plano de extinção do sinal será extendido até 2016, com o cancelamento da TV analógica nas capitais do Centro-Oeste e do interior de São Paulo. Até o final do ano, mais de 477 cidades não receberão mais o sinal analógico.