Copa do Mundo 2014 não deve ter rede 4G para estrangeiros, afirma Anatel

Por Redação | 12.04.2013 às 12:05

João Rezende, presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), afirmou em entrevista à agência de notícias Reuters que a rede de internet móvel da quarta geração (4G) na faixa de 700MHz não deverá estar disponível até o início dos jogos da Copa do Mundo de 2014. A faixa, usada pela televisão analógica no país, começará a ser liberada em 2015.

Durante a competição, a faixa que será utilizada para a transmissão de dados na rede 4G será a de 2,5GHz, o que poderá afetar muitos turistas que chegarem ao Brasil com seus celulares. A frequência de 700MHz é usada para a transmissão da quarta geração em diversos países do mundo e com apenas a de 2,5GHz funcionando, muitos turistas terão que utilizar o 3G em seus dispositivos - a faixa de 2,5GHz, leiloada no último ano para a utilização no 4G, não é compatível com a maioria dos aparelhos disponíveis no mercado.

O presidente da agência ainda afirmou que acredita que os turistas que visitarão o país durante a Copa não devem sobrecarregar a rede 3G, citando que muitos fabricantes estão produzindo aparelhos móveis que operam em diversas faixas para evitar problemas de transmissões. "As pessoas acabam comprando o chip aqui. Fora as transmissões corporativas, um consumidor normal vai fugir das tarifas do roaming. A barreira não é tecnológica, é financeira", afirmou Rezende.

A faixa de 700MHz deverá ser leiloada somente em janeiro de 2014, o que irá impedir sua implementação até junho quando se iniciam os jogos da competição mundial. E nesta semana, a Fifa (Federação Internacional de Futebol) afirmou que a instalação da rede 4G nos estádios que sediarão a Copa das Confederações 2013 está atrasada.