Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Razer BlackWidow V4 | Teclado gamer com switches suaves

Por| Editado por Jones Oliveira | 16 de Setembro de 2023 às 09h30

Link copiado!

Review Razer BlackWidow V4 | Teclado gamer com switches suaves
Review Razer BlackWidow V4 | Teclado gamer com switches suaves

O Razer BlackWidow V4 foi anunciado em julho para ser um dos novos teclados mecânico gamer topo de linha da Razer para 2023. O modelo se destaca por conta da construção parruda, a iluminação brilhosa e os switches do tipo mais suave e silencioso.

Design

Continua após a publicidade

O BlackWidow V4 é um teclado grande, do tipo full-size, com 47 cm de comprimento e 15 cm de profundidade, sem contar o apoio de pulso destacável. Isso torna o periférico uma boa escolha para quem tem bastante espaço no setup, mas pode ser um problema em mesas menores.

O visual é muito bonito quando as luzes RGB estão ligadas. O usuário pode personalizar a paleta de cores através do software proprietário Razer Synapse, customizando a iluminação por padrões, como efeitos de pulso, ondas, fogo, pisca-pisca, respiração, cor estática, etc.

Vale reforçar que este é um teclado mecânico e, por conta disso, tem teclas mais altas, switches aparentes e um uso mais voltado para jogadores.

Construção

Além da beleza, o BlackWidow V4 é um teclado mecânico bem pesado, com cerca de 1,1kg. Isso se dá pela sua estrutura superior construída com liga de alumínio 5052, que passa uma sensação de robustez ao dispositivo e impede que ele fique se movendo involuntariamente enquanto joga.

O ponto negativo são as keycaps feitas em plástico ABS. Mesmo que elas tenham uma boa textura ao apertar, um produto dessa categoria deveria ter teclas produzidas com plástico PTB, de qualidade superior.

Continua após a publicidade

O tamanho das keycaps é padrão, ideais para uso geral. Elas podem ser removidas com uma chavinha específica e inseridas sem fazer esforço.

Recursos

Por ser um teclado grande, o Razer BlackWidow V4 tem espaço suficiente para acomodar uma série de funções extras. Na lateral esquerda há seis teclas macro personalizáveis pelo Synapse. Elas podem ser utilizadas como comandos durante o jogo ou teclas de acesso rápido para aplicativos, navegador, executar tarefas e assim por diante.

Continua após a publicidade

Já na ponta direita, a empresa inseriu quatro botões multimídia: pause/reprodução, avançar, retroceder e mutar. Eles podem ser úteis, mas a iluminação RGB fica apenas em seu entorno e não nos símbolos, tornando a identificação difícil. Acima deles fica a barra de rolagem em metal, que serve para aumentar ou diminuir o volume de forma rápida.

A conexão com o computador é realizada através de um cabo USB-A em uma ponta, que vai plugado no PC, e USB-C em outra ponta, inserida no periférico. O cabo tem 1,9 metros e é do tipo paracord, bem resistente e que não embola com facilidade.

Usabilidade

Continua após a publicidade

Assim como qualquer teclado mecânico, o BlackWidow V4 possui uma curva de aprendizado para pegar a prática. De modo geral, é um teclado amigável para novos usuários que nunca usaram um modelo mecânico.

A ergonomia é boa, uma vez que a altura das teclas segue o padrão da indústria e têm a superfície levemente côncava e inclinada. Para melhorar essa experiência, a Razer envia um descanso de pulso emborrachado e suave que se conecta ao corpo do teclado de forma magnética.

Experiência de uso

Continua após a publicidade

O Razer BlackWidow V4 é um teclado destinado para games e se sai muito bem nisso. O polling rate de 8.000Hz cria uma resposta praticamente instantânea ao apertar alguma tecla e o modelo é 100% anti-ghosting. O baixo input lag registrado é perfeito para o cenário competitivo em shooters online, por exemplo.

Isso se dá por conta dos switches mecânicos. O modelo utilizado em nossos testes é do tipo linear amarelo, que apresenta um deslocamento mais suave e bem silencioso. Se fôssemos comparar com o de outras marcas, seria próximo a um switch marrom.

Para digitação, o BlackWidow V4 não se sai tão bem justamente por esse não ser o seu propósito. É possível trabalhar e escrever longos textos, mas esteja preparado para cliques errados por conta da ativação rápida das teclas.

Continua após a publicidade

Software

O periférico funciona melhor com o software Razer Synapse. Nele é possível customizar a iluminação, modos de jogos, macros, mapeamento das teclas e salvar todas as configurações em diferentes perfis de uso.

Continua após a publicidade

Concorrentes diretos

No Brasil, o Razer BlackWidow V4 possui uma disponibilidade escassa, mas o BlackWidow V4 Pro já é encontrado em alguns varejistas por R$ 2.499 devido a alguns recursos extras. O antecessor, o BlackWidow V3 Pro, tem reduções nas teclas macro e multimídia, mas custa em torno de R$ 1.500. O principal concorrente externo é o Corsair K100, que mantém a barra de rolagem, o descanso de pulso e a construção acima da média, custando em torno de R$ 2.100.

🛒Compre o Razer BlackWidow V3 Pro na Amazon

🛒Compre o Razer BlackWidow V4 Pro no Mercado Livre

Continua após a publicidade

🛒Compre o Corsair K100 RGB no Magazine Luiza

Razer BlackWidow V4: vale a pena?

O Razer BlackWidow V4 vale a pena para jogadores que querem um equipamento profissional para o cenário competitivo. O modelo tem ótima construção, iluminação e tempo de resposta. Para quem busca um teclado mecânico voltado para digitação, o BlackWidow V4 não vale a pena.

Continua após a publicidade

No entanto, a dificuldade em encontrar esse periférico torna a recomendação complicada, principalmente porque o modelo mais próximo é o BlackWidow V4 Pro, na faixa dos R$ 2.400.