Xiaomi anuncia Mi Pad 4; confira especificações do novo tablet chinês

Por Eduardo Hayashi | 25 de Junho de 2018 às 11h40
TUDO SOBRE

Xiaomi

Após ser alvo de inúmeros vazamentos, incluindo um mais recente com imagens de publicidade e seus supostos preços, o Mi Pad 4 finalmente foi oficializado pela Xiaomi nesta segunda-feira (25) juntamente com o Redmi 6 Pro.

O Mi Pad 4 vem equipado com SoC Snapdragon 660, componente voltado principalmente a dispositivos intermediários premium. Além disso, o modelo mais caro do aparelho oferece 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno, além de contar com câmera traseira de 13 MP e lente frontal com sensor de 5 MP, bateria de 6.000 mAh e tela de 8 polegadas com 1920 x 1200 pixels de resolução na proporção 16:10.

Também foram anunciadas algumas funções novas no tablet, incluindo um sistema de reconhecimento facial, que substitui a leitura de impressão digital. Outra novidade é que o Mi Pad 4 conta com design mais fino, suporte a Bluetooth 5.0 e entrada para fones de ouvido de 3,5 mm.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

(Imagem: Xiaomi)

Em comparação com o modelo anterior, o novo tablet garante um maior desempenho com um chip mais potente, mas tal vantagem é compensada com uma bateria inferior e tela com menos resolução, considerando que o Mi Pad 3 vinha com bateria de 6.600 mAh e display com resolução de 2048 x 1536 pixels.

Os ligeiros downgrades no Mi Pad 4 são facilmente justificados por seus preços atraentes: na versão mais básica, com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, o tablet sai por US$ 168; o modelo com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento sai por US$ 214.

Por fim, além dos modelos padrões com Wi-Fi, também está disponível uma versão com suporte a redes móveis LTE, com 4GB de RAM e 64 GB de armazenamento, por US$ 229.

As encomendas do Mi Pad 4 na China já podem ser feitas no site oficial da Xiaomi, no entanto ainda não há uma previsão de lançamento do dispositivo para o resto do mundo.

Fonte: AndroidAuthority

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.