Publicidade

"Tablets são uma droga, os iPads não”, diz executivo da Apple

Por| Editado por Wallace Moté | 16 de Maio de 2024 às 10h38

Link copiado!

Reprodução/Apple
Reprodução/Apple
iPad Pro (2024) 11"

A Apple apresentou recentemente os novos modelos de iPad Pro e iPad Air com grandes mudanças para ambas as linhas de tablets da marca. E em entrevista à FastCompany sobre o lançamento dos produtos, executivos do alto-escalão da empresa falam por que o iPad e o Mac são tão importantes como estão e que os tablets da Apple são mais do que isso: "os tablets são uma droga, e os iPads não”.

Na opinião de Greg Joswiak, vice-presidente sênior de marketing mundial da Apple, os iPads ocupam uma categoria exclusiva diferente de tablets Android e ChromeOS graças aos sistema operacional, enorme biblioteca de aplicativos e grande integração com outros produtos da empresa.

Joswiak fala também sobre a visão da Apple em relação ao iPad e o Mac. "Não os vemos como dispositivos concorrentes. Nós os vemos como dispositivos complementares.”

Continua após a publicidade

O iPad tem como prioridade a navegação por toque, enquanto o Mac é projetado para oferecer "manipulação direta” através do cursor e teclado.

Ainda assim, há indícios sólidos de que os primeiros modelos de MacBook com tela sensível ao toque possam estrear já no próximo ano, borrando ainda mais a ideia de que o iPad é um complemento.

“O fato é que a maioria dos usuários de Mac tem um iPad e usa os dois”, diz ele. “E uma grande proporção dos usuários do iPad tem um Mac, ou mesmo alguns deles têm PCs [Windows]. Você usa a ferramenta que faz mais sentido para você naquele momento. São duas ferramentas diferentes.”

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Enquanto muitos consumidores torcem para que um dia o macOS chegue ao iPad para tornar o tablet “profissional de verdade”, John Ternus, vice-presidente sênior de engenharia de hardware da Apple, rejeita a ideia.

Para ele, isso não passa de uma percepção. “Talvez sejam os usuários do Mac com sua noção do que é profissional. Você viu o que a equipe do Procreate fez com a Apple Pencil Pro. Não existe aplicativo de desenho mais profissional no mundo do que o Procreate – tipo, eles são a força vital dos artistas.”

No fim, a entrevista consolidou ainda mais o que já esperávamos: a Apple não deve levar o macOS ao iPad.

Continua após a publicidade

Podemos esperar por grandes avanços e melhorias com o futuro iPadOS 18 que será revelado durante a WWDC 2024 no próximo mês, mas o tablet da Apple continuará sendo um tablet. E quem busca algo mais deve priorizar o Mac.

Fonte: FastCompany