Guia completo: como converter imagens para qualquer formato

Por Sérgio Oliveira

Diferentemente dos arquivos de áudio e vídeo, que só mais recentemente se popularizaram e passaram a fazer parte do cotidiano do grande público, as imagens já estão aí há bem mais tempo e podem ser consideradas o primeiro tipo de arquivo multimídia que tivemos contato nos computadores.

Devido a essa familiaridade de longa data, já manipulamos e salvamos imagens nos mais diversos formatos há algum tempo, sobretudo após o surgimento do Adobe Photoshop em 1990. Contudo, não é todo mundo que sabe mexer no mais popular editor de imagens de todos os tempos e há quem procure softwares mais simples com apenas algumas ferramentas para fazer o feijão com arroz.

Tendo isso em vista, listamos aqui algumas das melhores ferramentas para você que não é lá tão exigente com um editor de imagens ou que está apenas procurando um software para recortar, redimensionar e/ou converter as suas fotografias.

IrfanView

Este é o software para quem procura por um pacote "tudo-em-um". Com o IrfanView, você tem a seu dispor uma série de ferramentas para edição, ajuste e junção de imagens, além da excelente funcionalidade de conversão em lote.

O IrfanView é um ótimo visualizador de imagens, mas também possui várias ferramentas. A mais famosa é a de conversão, acessível pelo menu File > Batch Conversion/Rename

O IrfanView é um ótimo visualizador de imagens, mas também possui várias ferramentas. A mais famosa é a de conversão, acessível pelo menu File > Batch Conversion/Rename (Imagem: captura de tela / Sergio Oliveira)

Tudo em feito a partir de uma imensa caixa de diálogo repleta de opções. Nela, você encontra opções para recorte, redimensionamento e alteração de cor, brilho e contraste da imagem selecionada - tudo bem simples e objetivo, sem enrolação. Além disso, é possível embutir legendas nas imagens, marca d'água e bordas caso você esteja querendo dar um toque de personalização.

A janela oferece uma série de opções e todo o processo é concluído em pouco tempo após pressionar o botão Start Batch

A janela oferece uma série de opções e todo o processo é concluído em pouco tempo após pressionar o botão Start Batch (Imagem: captura de tela / Sergio Oliveira)

Para completar, o IrfanView possui suporte a plugins, então basta baixá-los para adicionar as mais diversas funcionalidades ao programa, tais como suporte a outros tipos de mídia, efeitos e formatos. Uma mão na roda para quem procura algo fácil de aprender.

Download: IrfanView

Formatos suportados: Praticamente todos os formatos populares | Alguns formatos obscuros | Alguns arquivos de áudio e vídeo

ImageMagick

Se existe uma ferramenta de edição de imagens destinada a geeks e nerds, essa é a ImageMagick. Ao contrário das demais opções desta lista, essa aqui funciona na base da linha de comando - portanto, se você está acostumado a escrever comandos ao invés de apontar o mouse e clicar em botões, eis a ferramenta ideal para você.

Apesar das linhas de comando causarem um certo medo em quem não está familiarizado com elas, aqui tudo é bastante simples e qualquer um pode aprender a utilizar o ImageMagick em pouco tempo. Para começar, basta ir até a pasta onde estão armazenadas as imagens que serão convertidas. Depois, clique num espaço vazio da janela com o botão direito do mouse ao mesmo tempo em que mantém a tecla SHIFT pressionada no teclado. Selecione a opção "Abrir janela de comando aqui".

Com o ImageMagick tudo funciona na base da linha de comando. Para executá-lo, vá até a pasta onde estão as imagens, clique com o botão direito enquanto a tecla SHIFT é pressionada e selecione a opção

Com o ImageMagick tudo funciona na base da linha de comando. Para executá-lo, vá até a pasta onde estão as imagens, clique com o botão direito enquanto a tecla SHIFT é pressionada e selecione a opção "Abrir janela de comando aqui" (Imagem: captura de tela / Sergio Oliveira)

Na janela que se abre, digite o comando abaixo e pressione ENTER:

mogrify -format png *.jpg

Neste comando, o primeiro formato (PNG) é o de saída, enquanto o segundo é o formato das imagens que serão convertidas (JPG). Feito isso, o ImageMagick começará a trabalhar.

Apesar dos processos executados em linha de comando estarem associados a rapidez, a execução da conversão pelo ImageMagick é mais lenta do que a maioria das alternativas

Apesar dos processos executados em linha de comando estarem associados a rapidez, a execução da conversão pelo ImageMagick é mais lenta do que a maioria das alternativas (Imagem: captura de tela / Sergio Oliveira)

Ao todo, o ImageMagick suporta mais de 100 tipos de arquivo de imagem e conta com uma vasta coleção de funcionalidades que podem ser conferidas aqui. Também vale salientar que a operação acima converterá todas as imagens da pasta, portanto se você quiser converter apenas algumas delas, as copie para uma outra pasta e execute o comando a partir de lá.

Download: ImageMagick (Windows) | ImageMagick (Unix)

Formatos suportados: Mais de 100 formatos populares

XnConvert

Muito diferente do IrfanView, o XnConvert foca exclusivamente na conversão de arquivos de imagem, deixando a edição e firulas de lado.

Aqui, os diferenciais são a possibilidade de conversão em massa, bem como a possibilidade de fazer tudo isso a partir de dispositivos móveis, sem a necessidade de transferir as fotos para o computador para fazer a tarefa.

Na abra principal do XnConvert é onde você seleciona os arquivos que serão convertidos. Para isso, basta clicar em

Na abra principal do XnConvert é onde você seleciona os arquivos que serão convertidos. Para isso, basta clicar em "Adicionar arquivos". Depois, para ajustar os parâmetros de saída, basta clicar na acaba "Saída" (Imagem: captura de tela / Sergio Oliveira)

Outro diferencial é que, dependendo do formato de saída, é possível escolher a taxa de compressão do arquivo, bem como um padrão de nomeação para fazer a renomeação em massa ao mesmo tempo da conversão. Vale destacar que o que mais impressiona no XnConvert é sua agilidade - mesmo com uma fila enorme de conversão, tudo é feito em pouquíssimos segundos.

Com a pasta de destino das imagens definidas na seção

Com a pasta de destino das imagens definidas na seção "Saída" e o tipo e compressão do arquivo de saída setados em "Formato", basta pressionar o botão "Converter" para dar início ao processo (Imagem: captura de tela / Sergio Oliveira)

Embora ofereça suporte a uma grande gama de formatos, os desenvolvedores prometeram adicionar vários outros num futuro próximo.

Download: XnConvert (Windows, Linux e Mac) | XnConvert (iOS)

Formatos suportados: A maioria dos formatos de imagem

NEF to JPG

Enquanto praticamente todo mundo se volta cada vez mais para formatos livres, há quem siga na contramão e insista em investir em formatos proprietários para complicar a vida dos usuários. É o caso, por exemplo, da Nikon, que ao invés de adotar o RAW como formato padrão em suas câmeras profissionais, optou pelo proprietário NEF.

A escolha acabou frustrando muita gente, que se vê amarrada aos softwares fornecidos pela fabricante e que nem sempre atendem as expectativas. E é aí que entra o NEF to JPG para acabar com toda essa frustração.

Tudo no NEF to JPG é simples e objetivo, incluindo sua interface. Selecione os arquivos no formato NEF para conversão, defina o formato de saída entre as opções disponíveis e dê início ao processo clicando em

Tudo no NEF to JPG é simples e objetivo, incluindo sua interface. Selecione os arquivos no formato NEF para conversão, defina o formato de saída entre as opções disponíveis e dê início ao processo clicando em "Convert". Simples (Imagem: captura de tela / Sergio Oliveira)

Tudo funciona a partir de uma janela básica, onde você pode adicionar vários arquivos .NEF a uma fila e indicar o formato de saída deles - pode ser JPG, PNG, TIFF, GIF ou BMP, você escolhe. Depois disso, basta clicar em "Convert" e deixar o software trabalhar para resolver o seu problema.

Download: NEF to JPG

Formatos suportados: NEF | JPG | PNG | TIFF | BMP | GIF

Zamzar

O Zamzar é uma das opções mais atraentes sobretudo para quem não gosta de instalar softwares no computador. Aqui tudo funciona direto do navegador, na nuvem, sem a necessidade de instalação de aplicativos ou plugins.

Para fazer uso da ferramenta, basta acessar o site do Zamzar, selecionar o arquivo a ser convertido e indicar o formato de saída. Um dos inconvenientes aqui é que o serviço demora um pouco para executar a tarefa e, para não lhe deixar com o site aberto, pede para que você forneça seu e-mail para ser avisado sobre a conclusão do processo. Para evitar que seu endereço caia na mão de spammers, a dica, neste caso, é utilizar serviços de e-mails temporários, como o 10 Minute Mail ou o Guerrilla Mail.

Tudo no Zamzar é bastante direto: selecione as imagens, defina o formato de saída e forneça seu endereço de e-mail antes de iniciar a conversão. Também é possível converter outros tipos de arquivo, desde documentos a arquivos de vídeo

Tudo no Zamzar é bastante direto: selecione as imagens, defina o formato de saída e forneça seu endereço de e-mail antes de iniciar a conversão. Também é possível converter outros tipos de arquivo, desde documentos a arquivos de vídeo (Imagem: captura de tela / Sergio Oliveira)

Embora você possa fazer a conversão em lote de quantos arquivos quiser, eles têm que ter no máximo 100 MB de tamanho - mais do que isso não é aceito pelo Zamzar.

Site oficial: Zamzar

Formatos suportados: Praticamente todos

Não viu o software que você mais usa para esse fim na lista? Então grite para o mundo qual a sua preferência na caixa de comentários abaixo e nos ajude a melhorar essa lista.

Outros guias: