O que é bootloader

O que é bootloader

Por Matheus Bigogno Costa | 27 de Fevereiro de 2020 às 16h15

Aqueles que são apaixonados por tecnologia e estão sempre pesquisando por notícias e informações, com certeza já ouviram alguém falar sobre um bootloader travado ou destravado. Na internet há diversos tutoriais ensinando como destravar o software para instalar outros sistemas operacionais diferentes em computadores ou smartphones.

Este software gera diversas discussões sobre a necessidade ou não de seu destravamento. Confira neste artigo o que é um bootloader, quais as suas funcionalidades e quais cuidados você deve tomar com ele.

O que é bootloader

Bootloader é um software que permite a inicialização do sistema operacional de todos os dispositivos como computadores, smartphones, tablets e diversos equipamentos. Sempre que o dispositivo é ligado, ele irá acionar o bootloader para carregar o sistema operacional. Além disso, o software também funciona como garantia, caso ocorra alguma falha crítica com este sistema.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Ao inicializar um computador, é possível perceber que é exibida uma tela preta com algumas informações descritas. Na verdade, esta tela é o bootloader que está inicializando o sistema operacional do Windows. Nos computadores, o bootloader é desbloqueado, o que permite que seus usuários possam instalar sistemas operacionais diferentes do original de fábrica.

Erro de bootloader na tentativa de inicalizar o Windows em PCs / Imagem: Reprodução

Já em smartphones Android, o bootloader vem bloqueado, porque, para as empresas de tecnologia móvel, sistemas operacionais desenvolvidos por terceiros podem não possuir segurança. Além disso, existe o fato de que outros sistemas operacionais podem não tirar o melhor proveito que os aparelhos exigem.

O motivo do bootloader bloqueado

Desenvolvedoras de smartphones e dispositivos móveis optam por produzirem os bootloaders de forma bloqueada para permitir que os usuários não possam instalar sistemas operacionais de terceiros e tampouco desinstalar o sistema operacional de fábrica do dispositivo.

Isto acontece porque as empresas investem na alteração de sistemas operacionais, como o Android, por exemplo. Com estas alterações, elas oferecem diversos aplicativos exclusivos com transações internas e que também estão repletos de propagandas para seus consumidores, permitindo a geração de receita.

Diversas empresas optam por deixar seus bootloaders travados para que os usuários não possam instalar outro sistema operacional / Imagem: Reprodução

Caso o bootloader estivesse desbloqueado, ele permitiria o abandono dos softwares de fábrica da empresa para outros sistemas. Apesar desta trava, alguns dispositivos permitem que desenvolvedores sejam capazes de desbloquear o bootloader, porém é uma tarefa muito restrita.

Ainda que muito seja debatido sobre os bootloaders já virem bloqueados, outro ponto é a questão que envolve a segurança dos dispositivos. Usuários inexperientes podem acabar instalando sistemas operacionais que podem prejudicar a vida útil dos dispositivos ou itens e softwares de fábrica. 

Verifique a necessidade desbloquear seu bootloader

Diversos entusiastas da tecnologia podem já ter desbloqueado o bootloader de seu dispositivo e até mesmo instalado algum outro sistema operacional no lugar, porém é importante atentar-se à necessidade do desbloqueio.

O desbloqueio serve para abrir espaço para instalação de novos sistemas operacionais não oficiais, permitindo que códigos sejam escritos diretamente no sistema do dispositivo, para realizar o root do sistema.

É indicado que ele seja desbloqueado apenas para aqueles usuários que querem inserir códigos diretamente no sistema ou trocar o sistema operacional. Do contrário, é indicado manter o software travado, com o sistema operacional de fábrica.

Além deste fato, é importante ressaltar que bootloaders desbloqueados podem fazer com que os usuários percam a garantia com as empresas. E, caso o usuário queira voltar com as configurações de fábrica, com o software desbloqueado pode ser irreversível. Então, é importante verificar a necessidade de desbloqueio do bootloader em seu dispositivo.

E você, o que acha de um bootloader bloqueado? Deixe nos comentários se você desbloqueou o seu e se instalou algum outro sistema operacional em seu dispositivo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.