Google adia lançamento do Android Wear 2.0 para 2017

Por Redação | 29.09.2016 às 17:29 - atualizado em 29.09.2016 às 18:58
photo_camera Reprodução/Google

Na última quarta-feira (28), o Google anunciou a terceira versão beta para desenvolvedores do Android Wear 2.0. No entanto, a novidade veio acompanhado de uma notícia não muito animadora para os donos de smartwatches compatíveis: a versão final do sistema operacional só será liberada no início de 2017.

Inicialmente, a previsão de liberação era para o final deste ano, mas a empresa diz que está usando o tempo extra para afinar os detalhes do software com a ajuda dos feedbacks dos desenvolvedores que experimentaram as novidades das versões beta.

Antes do final de 2016, mais uma versão de testes será lançada. O atual update do Android Wear 2.0 beta adiciona uma série de funcionalidades ao SO, sendo a loja de aplicativos oficial para relógios inteligentes a mais notável.

A Play Store para Android Wear 2.0 vai permitir que os proprietários dos smartwatches naveguem e baixem aplicativos e watchfaces diretamente dos seus relógios, sem a necessidade de instalá-los em seu smartphone. Esse é um dos esforços do Google para quebrar as correntes e tornar o Android Wear menos dependente dos telefones.

No entanto, a liberdade ainda não é total. A Play Store para Android Wear 2.0 irá funcionar quando o relógio estiver conectado a um telefone por meio do Bluetooth, ou a uma rede Wi-Fi ou celular que funcione como hotspot. A compra de apps pagos precisará ser autenticada no telefone, embora o Google afirme que pretende eliminar essa exigência em futuras versões.

Além da Play Store, o terceiro preview para desenvolvedores traz ainda uma assistente de voz, melhores elementos de interface do usuário para telas redondas , e o recurso de resposta inteligente do Google – que, por sua vez, faz parte do Assistant. A terceira versão beta para desenvolvedores do Android Wear 2.0 já pode ser instalada no Huawei Watch e no LG Watch Urbane 2nd Edition LTE.

O Android Wear 2.0 é a maior atualização para a plataforma de relógios inteligentes do Google desde o seu lançamento, em 2014.

Fonte: Android Developers Blog