Xiaomi lança Mi 8 Pro internacional e entra oficialmente no mercado britânico

Por Patrícia Gnipper | 08 de Novembro de 2018 às 15h53
Tudo sobre

Conforme prometido, a Xiaomi está entrando oficialmente no mercado britânico nesta quinta-feira (8). A fabricante chinesa aproveita a ocasião para lançar oficialmente o Mi 8 Pro em sua versão internacional — o aparelho já havia sido lançado na China em setembro.

O aparelho, com tela de 6,21 polegadas, custa a partir de 499 libras esterlinas (aproximadamente US$ 653), com este preço fazendo dele um aparelho bastante competitivo no território europeu. Por dentro, ele conta com chipset Snapdragon 845, 8 GB de RAM e 128 GB de espaço interno, além de uma bateria de 3.000 mAh.

Além de especificações atrativas, o grande destaque do Mi 8 Pro é o sistema de leitura de digitais embutido no display (e, por isso, na china o aparelho foi apelidado de Fingerprint Edition). E, falando sobre suas câmeras, na traseira o smartphone tem sensor duplo que combina 12 + 12 megapixels, com a câmera frontal fazendo reconhecimento facial para desbloqueio, usando tecnologia de infravermelho.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ainda, há uma versão com acabamento transparente, exibindo seu interior e dando um charme a mais ao dispositivo.

Expansão global

A Xiaomi é uma das maiores fabricantes de smartphones do mundo, mesmo ainda estando limitada a poucos territórios com distribuição oficial. E isso mostra o potencial que a marca tem de "dominar o mundo", com o processo continuando, agora, graças à abertura de sua loja oficial no Reino Unido. Em novembro do ano passado, a Xiaomi entrou oficialmente na Europa ocidental, começando pela Espanha e, depois, indo para a França e Itália.

A marca, por sinal, ocupa a quarta posição global em termos de envios de dispositivos, e está presente em 74 mercados (predominantemente asiáticos). E há planos, inclusive, de a Xiaomi "invadir" os Estados Unidos (onde quem domina é a Apple), com o objetivo de abrir uma primeira loja norte-americana em Nova Iorque já em dezembro deste ano.

Fonte: VentureBeat

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.