Synaptics apresenta primeiro sensor biométrico do mundo que funciona sob a tela

Por Redação | 12 de Dezembro de 2017 às 11h43

A Synaptics apresentou nesta terça-feira (12) o Clear ID FS9500, o  primeiro sensor de impressões digitais do mundo capaz de funcionar mesmo sob uma tela. Com a tecnologia, a companhia abre caminho para displays que possam, efetivamente, cobrir toda a parte frontal de um aparelho, uma vez que não existe mais a necessidade de um aparato físico para que a verificação aconteça.

A fabricante não poupou detalhes sobre o funcionamento de sua tecnologia, mas escondeu o jogo quando o assunto é quando a veremos no mercado. De acordo com a Synaptics, o componente deve dar as caras pela primeira vez já no ano que vem em um dispositivo de topo de linha, com tela de cinco polegadas. A empresa responsável pelo modelo é uma das maiores deste mercado, mas os detalhes terminam por aí.

Entretanto, outras informações permitem, pelo menos, imaginar quem será a portadora dessa tecnologia no mercado, uma vez que a Synaptics fala em foco no mercado de smartphones com telas OLED “infinitas”. Hoje, a única fabricante a usar esse tipo de nomenclatura para se referir a seus displays é a Samsung, que utiliza exatamente esse termo para se referir a modelos como o Galaxy S8 ou Note 8.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

De acordo com a Synaptics, seu sensor de impressões digitais não apenas é capaz de reconhecer a biometria mesmo debaixo de um display, como também possui funcionamento aprimorado em condições de tela molhada ou suja. Quem utiliza um aparelho com autenticação por impressões digitais sabe que os componentes nem sempre funcionam bem quando os dedos não estão limpos, um incômodo que a companhia afirma ter minimizado bastante com sua nova tecnologia.

Além disso, a empresa diz ter usado muitos sensores e outros componentes que já estão amplamente disponíveis no mercado, o que facilitou sua fabricação em massa para o vindouro lançamento em parceria com uma das grandes. Além disso, claro, esse caráter também deve garantir que o recurso esteja presente em mais e mais aparelhos no futuro próximo, parcerias nas quais a Synaptics diz já estar trabalhando.

De restante, as características de proteção usuais estão presentes. Protocolos AES garantem a criptografia das informações trocadas entre os sensores e os aparelhos, bem como a compatibilidade completa com sistemas proprietários de segurança para a identidade dos usuários. Todo o processamento acontece de forma local, sem que as impressões digitais sejam compartilhadas com servidores remotos.

Além disso, de acordo com a Synaptics, sua tecnologia ocupa virtualmente nenhum espaço no interior dos aparelhos, tamanha é a integração com a tela. Sendo assim, não existem desafios adicionais de engenharia e posicionamento, uma vez que basta acoplar o display OLED – que pode ser curvado ou assumir diferentes formas, abrindo espaço também ao mercado de vestíveis – para que tudo funcione.

Uma das tendências do mercado de smartphones para 2018 é, justamente, os aparelhos com telas infinitas, principalmente depois do sucesso de soluções desse tipo lançadas neste ano, como o Galaxy S8 e o iPhone X. Mais e mais fabricantes devem aderir à “moda” no futuro bem próximo, com a Synaptics, agora, acreditando estar na crista dessa onda.

Fonte: Android Central

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.