Rumores indicam volta do iPhone SE em versão com notch e Face ID

Por Thaís Augusto | 08 de Abril de 2019 às 17h57
Tudo sobre

Saiba tudo sobre iPhone SE

Ficha técnica

A volta dos que não foram: depois de descontinuar o iPhone SE em setembro do ano passado, a Apple quer lançar uma nova versão do aparelho, de acordo com rumores do mercado.

A primeira mudança em relação ao modelo anterior seria no nome. O iPhone SE passará a se chamar iPhone XE para se alinhar com os produtos mais recentes da Apple, como o iPhone XS, XS Max e XR.

Na nova versão, o smartphone aparece com um display AMOLED de 4,8 polegadas, semelhante ao encontrado em iPhones mais atuais. Ele ainda contará com um notch para abrigar os sensores FaceID da Apple e uma câmera de selfie dupla.

Novos rumores dizem que Apple prepara o lançamento de uma nova versão do iPhone SE

Na traseira, o iPhone XE acompanhará uma única câmera. Outros rumores indicam que o novo aparelho não terá suporte para carregamento sem fio nem sensor para a identificação digital.

O preço do iPhone XE seria de US$ 600, mais barato do que o XR, que é vendido por US$ 750. O iPhone SE foi lançado em março de 2016 e deixou de ser comercializado no site oficial da Apple após o lançamento da linha X.

As novidades da empresa não acabam aqui. Parece que a Maçã também está trabalhando em um novo revestimento de nanopartículas para seus dispositivos. Com a tecnologia, seria possível aumentar a durabilidade dos iPhones, MacBooks e demais aparelhos.

A informação foi obtida por uma patente da Apple. No documento, a empresa descreve um revestimento protetor transparente que usa um polímero com partículas embutidas, possivelmente composto de diamantes, óxido de alumínio, zircônia e quartzo, para criar uma camada que aumenta a durabilidade e resistência a arranhões nas telas.

É importante ressaltar que tecnologias de patentes indicam apenas o que está sendo estudado pela empresa. A maioria das ideias são esquecidas no papel.

Outros rumores que circulam no mercado dizem que a fabricante de chips da Apple, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company se prepara para produzir chips da série “A” (utilizados principalmente em iPhones e iPads) de cinco nanômetros. Isso significaria ganhos de até 15% no desempenho dos dipositivos da Apple. A ideia é que os iPhones lançados em 2020 sejam os primeiros a contar com a nova tecnologia.

Atualmente, os chips são fabricados em um processo de sete nanômetros e deverão permanecer assim até o final de 2019.

Você se lembra daquela história de que os próximos iPhones seriam acompanhados por câmeras traseiras triplas? Na época, a informação era de que os aparelhos seriam equipados com o mesmo display presente nos iPhones XS e XS Max (de 5,8 e 6,5 polegadas, respectivamente).

(Imagem: OnLeaks/DigitIndia)

Mas parece que a Apple optará por iPhones com telas de 6,1 e 6,5 polegadas e designs ajustados para que eles consigam acomodar o novo módulo triplo da câmera traseira.

Segundo as informações, a Maçã também deverá acomodar um carregador mais rápido ao lado dos novos iPhones de 2019.

Fonte: Gizmodo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.