Redmi K40, K40 Pro e K40 Pro+ chegam com tela AMOLED 120 Hz e preço competitivo

Por Igor Almenara | 25 de Fevereiro de 2021 às 12h40
Divulgação/Redmi

Na manhã desta quinta-feira (25), a Redmi apresentou seu novo topo de linha, o Redmi K40. A fabricante aposta num aparelho de ponta, acompanhando as tendências mais recentes, mas introduzindo a sua nova visão para câmeras nas três variantes do modelo (K40, K40 Pro e K40 Pro+) e um display AMOLED que bate de frente com o Galaxy S21 e S21 Ultra.

A subsidiária da Xiaomi reuniu fortes características para o consumo de vídeo, filmes e jogos, numa construção chamativa e câmeras de altíssima resolução na versão mais parruda do trio. O conjunto promete ótimo desempenho, ao mesmo tempo em que se insere no mercado por valores bem variados e competitivos.

As câmeras e tela da trindade da Redmi

No anúncio, foram apresentados os Redmi K40 Pro+, o mais poderoso entre os lançamentos, K40 Pro, uma versão com cortes pontuais nas câmeras traseiras, e o K40 base, capado em processamento, memórias e câmeras em relação aos seus irmãos.

(Imagem: Divulgação/Redmi)

A começar pelo maior: o Redmi K40 Pro+ é destacado pela sua câmera principal de 108 MP, seguido por sensores grande angular de 8 MP e 5 MP para macros. A companhia exalta a lente principal do aparelho, empoderado por tecnologia HM2 da Samsung, perfeita para capturas de ambientes escuros ou com muita variação no nível de luz.

Para o Redmi K40 Pro convencional, o sensor principal conta com 64 MP de resolução (IMX686), acompanhado pela mesma câmera grande angular e macro de 8 e 5 MP, respectivamente. Nas variantes do K40 base, o conjunto é liderado pela lente de 48 MP (IMX582), combinado com os exatos componentes para capturas com maior campo de visão ou de pequenos objetos.

Toda a linha contará com uma câmera de 20 MP posicionada num pequeno recorte redondo no display. A exibição das imagens fica por conta da tela Samsung E4, composta por painel AMOLED de 6,67 polegadas em resolução FullHD+, 1300 nits de brilho máximo.

(Imagem: Divulgação/Redmi)

Para games, a Redmi busca entregar uma experiência aprimorada não só com 120 Hz de taxa de atualização, uniforme entre os modelos, como também na taxa de amostragem de 360 Hz, que minimiza o intervalo entre o toque da tela e o registro do comando no sistema. A combinação eleva o componente a disputa ferrenha entre outras telas avançadas do segmento, como o Galaxy S21 e S21 Ultra, mas encaixa a pomposa tela em valores mais acessíveis que o topo de linha da sul-coreana.

Processador de ponta

A grande diferença entre o conjunto está nos processadores que equipam cada um dos modelos. Os modelos mais dispendiosos — K40 Pro+ e K40 Pro — são embaladas com o processador Qualcomm Snapdragon 888 preparado para o 5G e apresentando o máximo de desempenho da fabricante para qualquer tarefa, sejam games, transição entre apps, produtividade e otimização no consumo de energia.

(Imagem: Divulgação/Qualcomm)

Enquanto isso, a versão base é equipada com o recente Snapdragon 870 — que está longe de ser um processador fraco, mas descarta o suporte à nova rede. A solução mais básica será disponibilizada em variantes com memórias que variam entre 6 e 12 GB de RAM e 128 a 256 GB de armazenamento.

Nas versões mais poderosas, porém, o cenário é mais limitado. O K40 Pro+ será vendido em variante única de 12 GB e 256 GB de armazenamento; enquanto o K40 Pro chegará com 6/128 GB ou 8 GB, somado a 128 ou 256 GB de espaço.

Recursos adicionais

Um dos pilares da geração está na entrega de experiências imersivas na reprodução de filmes, séries e jogos. O trio é compatível com tecnologia Dolby Atmos para a apresentar som imersivo e localizado quando acompanhado por um fone de ouvido; contudo, os alto-falantes duplos compensam a ausência do periférico no som estéreo.

(Imagem: Divulgação/Redmi)

Em software, a Xiaomi leva a MIUI 12 para os topos de linha. A modificação da fabricante baseada no Android 11 entrega performance consistente e com grande foco na multitarefa. O sistema oferece janelas flutuantes, uso rápido da tela dividida, controle de aplicativos em segundo plano, sobreposição dedicada para jogos e até menus exclusivos para o consumo de filmes e vídeos.

Preço e disponibilidade

Costumeiramente, os lançamentos da Xiaomi chegam primeiro ao mercado chinês e há um intervalo de dois ou três meses para o anúncio da sua versão internacional.

Em preço, o Redmi K40 mais simples será vendido por 1.999 iuanes (cerca de R$ 1.690 em conversão direta), e sua versão mais cara chega a 2.999 iuanes (R$ 2.500, aproximadamente).

O Redmi K40 Pro, por sua vez, começa em 2.799 iuanes (cerca de R$ 2.400) — o que o insere logo abaixo da versão mais recheada do modelo base —, e finaliza em 3.299 (R$ 2790).

A única versão do K40 Pro+ de 12 GB sai por 3.699 iuanes por unidade, valor próximo dos R$ 3.100.

Redmi K40 (ficha técnica):

  • Tela: AMOLED 6,67 polegadas FullHD+ com 120 Hz de taxa de atualização
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 870;
  • Memória RAM: 6 GB, 8 GB ou 12 GB LPDDR5 UFS3.1;
  • Armazenamento interno: 128 GB ou 256 GB;
  • Câmera traseira: 48 MP (principal, IMX582) + 8 MP (ultrawide) + 5 MP (macro);
  • Câmera frontal: 20 MP;
  • Peso: 196 gramas;
  • Bateria: 4.520 mAh;
  • Extras: recarga rápida de 33 W, Dolby Atmos, alto-falantes estéreo, registro de tela em 360 Hz.
  • Cores disponíveis: preto, branco, azul;
  • Sistema operacional: MIUI 12 sob o Android 11.

Redmi K40 Pro (ficha técnica)

  • Tela: AMOLED 6,67 polegadas FullHD+ com 120 Hz de taxa de atualização
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888;
  • Memória RAM: 6 GB ou 8 GB LPDDR5 UFS3.1;
  • Armazenamento interno: 128 GB ou 256 GB;
  • Câmera traseira: 64 MP (principal, IMX686) + 8 MP (ultrawide) + 5 MP (macro);
  • Câmera frontal: 20 MP;
  • Peso: 196 gramas;
  • Bateria: 4.520 mAh;
  • Extras: recarga rápida de 33 W, Dolby Atmos, alto-falantes estéreo, registro de tela em 360 Hz.
  • Cores disponíveis: preto, branco, azul;
  • Sistema operacional: MIUI 12 sob o Android 11.

Redmi K40 Pro+ (ficha técnica):

  • Tela: AMOLED 6,67 polegadas FullHD+ com 120 Hz de taxa de atualização
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888;
  • Memória RAM: 12 GB LPDDR5 UFS3.1;
  • Armazenamento interno: 256 GB;
  • Câmera traseira: 108 MP (principal, HM2) + 8 MP (ultrawide) + 5 MP (macro);
  • Câmera frontal: 20 MP;
  • Peso: 196 gramas;
  • Bateria: 4.520 mAh;
  • Extras: recarga rápida de 33 W, Dolby Atmos, alto-falantes estéreo, registro de tela em 360 Hz.
  • Cores disponíveis: preto, branco, azul;
  • Sistema operacional: MIUI 12 sob o Android 11.

Fonte: Redmi

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.