Realme X7 e X7 Pro são lançados com 5G, tela de 120 Hz e preço bem amigável

Por Diego Sousa | 01 de Setembro de 2020 às 20h30
Divulgação/Realme
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Realme X7 Pro

Ficha técnica

A fabricante chinesa Realme anunciou nesta terça-feira (1º) mais dois smartphones intermediários premium no mercado local que, logo de cara, impressionam por terem configurações potentes e preços bastante interessantes. Os Realme X7 e X7 Pro trazem telas com taxa de atualização de até 120 Hz, 5G e carregamento rápido de 65 W por cerca de US$ 320 (R$ 1,7 mil em conversão direta).

Tela de 120 Hz e chip 5G

Ambos os modelos possuem painéis AMOLED com resolução Full HD+, mas o X7 tradicional tem uma tela de 6,4 polegadas, enquanto o X7 Pro é equipado com uma de 6,55 polegadas. Naturalmente, a versão mais potente traz recursos mais premium, como 120 Hz de taxa de atualização, 240 Hz de sensibilidade ao toque e 100% de volume de cores DCI-P3.

Por dentro, os dois aparelhos da Realme são equipados com plataformas da linha Dimensity da MediaTek: o X7 traz o recém-lançado Dimensity 800U, enquanto o X7 Pro possui o poderoso Dimensity 1000+. Ambos trabalham com opções de 6 GB ou 8 GB de memória RAM, além de 128 GB ou 256 GB de armazenamento — sendo esta última opção apenas para o modelo mais potente.

Realme X7 traz design em gradiente (Imagem: Divulgação/Realme)

Independentemente da versão, tanto o X7 quanto o X7 Pro têm suporte para redes 5G, característica que vem sendo adotada em cada vez mais celulares intermediários na China e a MediaTek é uma das principais responsáveis por essa democratização, oferecendo soluções com desempenho exemplar e novas tecnologias por um preço mais em conta quando comparado com as opções da rival Qualcomm.

Câmera quádrupla e carregamento super-rápido

Os dois aparelhos são equipados com quatro câmeras, sendo uma principal de 64 MP, uma ultra grande-angular de 8 MP com 119º de ângulo de visão e uma macro de 2 MP. No X7 tradicional, há um sensor de 2 MP com lente monocromática, enquanto o X7 Pro tem um sensor também de 2 MP, mas com lente de profundidade. Na frente, ambos são equipados com uma câmera de selfie de 32 MP com 80º de ângulo de visão e oferece gravação em até Full HD (1080p).

Em relação ao carregamento, o Realme X7 é equipado com uma bateria de 4.300 mAh, enquanto o X7 Pro tem uma capacidade de 4.500 mAh. O destaque de ambos é o suporte ao carregamento rápido SuperDart de 65 W da Realme, o que é quase duas vezes a potência oferecida pelo rival Redmi K30 Ultra, que possui 33 W. Segundo a empresa, é preciso apenas 35 minutos para carregar os smartphones completamente.

Preço e disponibilidade

A pré-venda do Realme X7 já começou na China e as vendas oficiais estão previstas para começarem a partir do dia 7 de setembro. Confira abaixo o preço de cada variante que será comercializada:

  • Realme X7 (6 GB + 128 GB): 1.799 iuanes (R$ 1,4 mil);
  • Realme X7 (8 GB + 128 GB): 2.399 iuanes (R$ 1,9 mil);
  • Realme X7 Pro (6 GB + 128 GB): 2.199 iuanes (R$ 1,7 mil);
  • Realme X7 Pro (8 GB + 128 GB): 2.499 iuanes (R$ 1,9 mil);
  • Realme X7 Pro (8 GB + 256 GB): 3.199 iuanes (R$ 2,5 mil).

Apesar do preço bastante amigável, eles disputarão espaço em um segmento bastante concorrido e, atualmente, dominado por modelos da Xiaomi, como o recém-lançado Redmi K30 Ultra, que também oferece processador da MediaTek com 5G e tela de 120 Hz de taxa de atualização por cerca de US$ 300 (R$ 1,6 mil).

Cores do Realme X7 (Imagem: Divulgação/Realme)

Realme X7 / X7 Pro: ficha técnica

  • Tela: 6,4'' / 6,55'';
  • Chipset: Dimensity 800U / Dimensity 1000+
  • Memória RAM: 6 GB ou 8 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB / 128 GB ou 128 GB;
  • Câmera traseira: 64 MP + 8 MP + 2 MP + 2 MP;
  • Câmera frontal: 32 MP;
  • Dimensões: 160.9 x 74.4 x 8.1 mm / 160.8 x 75.1 x 8.5 mm;
  • Peso: 175 g / 184 g;
  • Bateria: 4.300 mAh / 4.500 mAh;
  • Extras: leitor de digitais na tela, 5G, NFC, Dual GPS;
  • Cores disponíveis: branco, gradiente, azul / preto, gradiente e branco;
  • Sistema operacional: Android 10.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.