Oppo apresenta sensor biométrico que ocupa toda a tela e zoom óptico de 10x

Oppo apresenta sensor biométrico que ocupa toda a tela e zoom óptico de 10x

Por Felipe Demartini | 16 de Janeiro de 2019 às 12h45

Coladinha na CES 2019, que terminou na última semana dos Estados Unidos, a OPPO realizou um evento em Pequim, na China, para anunciar novidades para os próximos anos. No palco, nada de smartphones novos, mas sim tecnologias que devem dar as caras nos aparelhos da marca no futuro próximo, como um sensor de impressões digitais que funciona em toda a extensão da tela e uma câmera digital com 10x de zoom óptico.

A primeira novidade faz parte do que a companhia chamou de “terceira fase” em seu desenvolvimento de tecnologias biométricas, permitindo que o display tome praticamente toda a parte da frente do aparelho, mas, ainda assim, tenha capacidade de leitura de digitais. A tecnologia, afirmou a Oppo, é o objetivo final dos trabalhos da fabricante com o recurso, criando uma integração completa com o smartphone e reconhecendo o dedo do usuário em qualquer lugar.

O recurso funciona, segundo a empresa, de forma transparente e não intrusiva para o utilizador. O toque em qualquer área iluminada no display serve para leitura das digitais que, na sequência, são processadas por um sistema próprio e seguro, sem comunicação com a nuvem. A tecnologia ainda está sendo desenvolvida e apresenta problemas; por exemplo, caso o toque aconteça próximo demais das laterais, ele leva a uma detecção parcial do dedo. É algo, entretanto, que a Oppo vê sendo resolvido bem em breve.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A outra inovação é uma evolução de algo que a Oppo já havia demonstrado no MWC de 2017. Há dois anos, ela exibia um sistema de zoom óptico de 5x para smartphones e, agora, foi capaz de dobrar essa capacidade, além de incluir um sistema duplo de otimização de imagem para entregar as fotos mais cristalinas possível.

O sistema, contudo, é o mesmo do passado, com lentes no estilo “periscópio” na parte interna do aparelho, metade delas na horizontal e a outra na vertical, diante do efetivo objeto de captura. Com isso, os smartphones seriam capazes de criar imagens que simulam o uso de lentes grandes angulares ou teleobjetivas, algo que deve agradar e muito aos fotógrafos de smartphone.

Ao contrário da biometria em toda a tela, esse recurso já está disponível em versão comercial e pronto para produção em massa, significando que ele deve dar as caras logo mais nos celulares da Oppo, bem como nos de parceiros do mercado. A expectativa é que os primeiros dispositivos com a tecnologia cheguem no final deste ano, enquanto a novidade estará disponível para exibição pública em fevereiro, no MWCC 2019, que acontece em Barcelona, na Espanha.

Fonte: Phone Arena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.