O que aconteceu com os telefones públicos?

O que aconteceu com os telefones públicos?

Por Lu do Magalu | Editado por Bruno Salutes | 28 de Setembro de 2021 às 11h25
Foto: Reprodução

Você se lembra dos telefones públicos? Eles também eram conhecidos popularmente como “Orelhão”. Com a chegada dos smartphones e celulares, nos últimos anos as pessoas têm preferido fazer ligações através dos dispositivos móveis, né? Seja diretamente pelo WhatsApp ou através da operadora, a tecnologia móvel mudou muito a maneira como as pessoas fazem ligações.

Lá em 2001, o Brasil atingia seu ápice de orelhões em ruas com 1,38 milhões de telefones públicos. No entanto, hoje em dia, duas décadas depois esse número caiu em 86% com o desligamento desses aparelhos. Então, esse é um dos motivos da sensação de que os orelhões sumiram das ruas.

Os telefones públicos ainda funcionam?

Sim, sabia que os telefones públicos ainda fazem parte da realidade de muitos brasileiros? De acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), cerca de 62% dos orelhões ativos processam, em média, até duas chamadas por dia, considerando as ligações recebidas e realizadas.

Inclusive ainda existem 768 mil orelhões espalhados pelo país, sendo mais de 40 mil desses apenas em São Paulo. É muita coisa, né? Por isso, eles são muito importantes, os telefones públicos estão presentes em locais onde ainda não há disponibilidade de linhas residenciais.

Segundo a Anatel, todos os lugares com mais de 100 habitantes devem ser atendidos com pelo menos um orelhão disponível 24 horas. Além disso, esses precisam conseguir realizar chamadas de longa distância nacionais e internacionais.

Só que está cada vez mais difícil encontrar orelhões que funcionem bem, né? Em 2018, em um decreto publicado pela Anatel, a agência “liberou” as empresas de telefonia da obrigação de investir em orelhões. Essa medida foi pensada a fim de melhorar o investimento no sinal 4G que ainda não chega em quase 1.500 áreas isoladas no Brasil.

Como usar um telefone público na sua cidade

Quer descobrir onde tem orelhões funcionando na sua cidade? Você pode fazer isso através do site Fique Ligado da Anatel. Lá é possível verificar com precisão a localização de orelhões em todo o país e também descobrir se eles estão com o serviço ativo.

Ao abrir o mapa da sua região, você vai encontrar círculos verdes e amarelos que representam a quantidade de orelhões em um espaço. Ao clicar nesse espaço, você pode ver quais estão disponíveis e quais estão em manutenção, esses são representados por círculos verdes e vermelhos.

Como fazer ligações em um orelhão

A maneira mais prática de fazer ligações em casos de emergência, é fazendo uma ligação a cobrar. Para isso, basta discar: 9090+ número de telefone desejado.

Você também pode ligar a cobrar para outra cidade através de um orelhão. Basta discar: 90+ código da operadora + DDD + número de telefone.

Por fim, para fazer chamadas internacionais em orelhões, é só discar: 00 + código da operadora + código do país + código da cidade + número de telefone desejado. Você pode encontrar esses códigos no site DDI.

Gostou dessa matéria? Compartilhe com seus amigos.

Fonte: Anatel, G1

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.