LG Velvet é mesmo sucessor da linha G, indica código do modelo

Por Felipe Junqueira | 19 de Maio de 2020 às 07h18
Reprodução/YouTube/underKG
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Velvet

Ficha técnica

A LG já oficializou o novo Velvet, modelo intermediário premium com hardware potente, suporte ao 5G e um visual que encheu os olhos de muita gente. Especulou-se que este modelo seria uma espécie de sucessor da linha G, fato agora aparentemente confirmado no momento em que os primeiros vídeos de unboxing surgem na internet.

A fabricante aposta no aspecto visual e tátil do dispositivo. Com relação ao primeiro, temos um smartphone mais quadradão, com tela de laterais curvas, poucas bordas, e na traseira as câmeras ficam dispostas em uma simulação de gotas, todas separadas e em ordem decrescente de tamanho do sensor.

Já no aspecto tátil, a LG diz que o acabamento dá uma sensação de veludo — daí o nome. O acabamento traseiro é de vidro, com Gorilla Glass 6, e traz um efeito de cores dependendo do ângulo de incidência da luz.

Mas o que chama atenção no momento é o número do modelo. Todo produto possui um código, que serve principalmente para controle interno da fabricante. É a maneira pela qual um celular, por exemplo, fica conhecido até mesmo antes de receber o nome comercial, que existe para facilitar a identificação pelo consumidor. Imagina você chegar na loja e falar “por favor, poderia me trazer um LMG-810”? Mais fácil pedir o LG G8s ThinQ.

Código do LG Velvet

Um dos primeiros unboxing do novo smartphone da LG chegou ao YouTube e mostra o código LM-G900N. Se o G8 ThinQ é LM-G820, o G8X é LM-G850 e o G8s é o já citado LM-G810, dá para notar o padrão da linha, certo? Ou seja, o LM-G900 está inserido na lógica e, portanto, podemos imaginar que faz parte da linha sucessória.

Se a LG começou a produzir o Velvet pensando em lançá-lo como G9 e mudou de ideia no meio do caminho, ou se há alguma outra história, teremos que esperar a empresa se manifestar oficialmente. Mas a lógica aponta para, no mínimo, uma ligação interna entre a linha G e o Velvet.

Em tempo: a LG homologou um modelo LM-G910EMW na Anatel, cuja documentação foi emitida em 6 de maio. Exatamente o dia em que o Velvet foi oficializado na Coreia do Sul. Pode ser uma variante levemente modificada, talvez sem suporte ao 5G, o que ajudaria a oferecer um preço mais acessível ao consumidor brasileiro.

Talvez você tenha notado que há letras após os números tanto no Velvet quando no modelo recém-homologado aqui citado. Isso é comum e indica a região ou uma variante específica, possível sinal de alguma pequena diferença no hardware do aparelho, como a presença de slot para dois chips e um cartão micro SD. O importante são as três letras iniciais (sempre começando com LM, de LG Mobile, seguido da indicação da linha) e os números que as seguem.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.