LG paralisa temporariamente a produção de displays OLED para iPhones, diz jornal

LG paralisa temporariamente a produção de displays OLED para iPhones, diz jornal

Por Rafael Arbulu | 03 de Junho de 2019 às 15h50
CNET

A produção dos displays OLED para os modelos atuais de iPhone no mercado foi temporariamente paralisada pela LG, segundo relata o jornal Korea Herald. De acordo com o diário, a razão para a medida foi “uma série de dificuldades técnicas” sofridas pela estrutura fabril local.

Citando o jornal: “A fabricante de displays LG temporariamente paralisou as operações na linha de manufatura E6-1, situada em Paju, na província de Gyeonggi, devido a problemas técnicos, segundo fontes, no dia 3 de junho. A E6-1 é uma das estruturas de manufatura que deveriam fornecer novos displays OLED para a gigante tecnológica americana Apple e seus iPhones ao final deste ano. Um dos problemas técnicos relatados supostamente ocorreu no process de encapsulamento de microfilmes finos, que posiciona películas por cima do painel OLED a fim de prevenir que ar e água afetem os diodos autoiluminados”.

O iPhone XR é um dos modelos cujo display é fornecido pela LG, na Coreia (Imagem: Divulgação/Apple)

Ainda segundo o Herald, a paralisação não deve trazer grandes impactos exceto por leves atrasos de produção. A LG ainda conta com a planta E6-2, que atua na mesma função, como um reforço à manufatura primária de displays. A LG ainda não deu previsão de quando a linha E6-1 retornará ao trabalho.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A Apple ainda conta com fornecimento do mesmo material por parte da Samsung, que vinha atuando no iPhone XR, iPhone XS e iPhone XS Max desde o lançamento dos aparelhos, em outubro de 2018. Entretanto, é política da empresa americana manter dois ou mais fornecedores trabalhando para os seus dispositivos, justamente para que situações assim não tragam grandes problemas no fornecimento de aparelhos ao varejo.

Fonte: Korea Herald

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.