Ladrão rouba Galaxy S10+ pensando ser um OnePlus 9 Pro e... devolve

Ladrão rouba Galaxy S10+ pensando ser um OnePlus 9 Pro e... devolve

Por Diego Sousa | Editado por Wallace Moté | 08 de Abril de 2021 às 15h50
Divulgação/OnePlus

Roubo de celular é um crime considerado comum em muitas partes do mundo e, claro, a marca e o modelo são fatores essenciais para o criminoso determinar se vale a pena praticar o delito ou não — um iPhone 12, por exemplo, vale muito mais que um Android de R$ 1.000. Na Índia, um ladrão roubou um Galaxy S10+ pensando ser um OnePlus 9 Pro e, pasmem, devolveu à vítima quando notou o engano.

Quem contou a história foi a própria vítima do incidente, um correspondente especial do site Bar & Bench chamado Debayan Roy. Em publicação no Twitter nesta segunda-feira (5), o jornalista disse estar usando o Galaxy S10+, da Samsung, em uma estação de metrô, quando um homem de máscara preta pegou o smartphone e saiu correndo.

Ele contou que foi atrás do ladrão na tentativa de conseguir o celular de volta, mas nem precisou de muito esforço: o próprio ladrão parou de correr, devolveu o Galaxy S10+ e foi embora. Antes de correr novamente, no entanto, o criminoso disse: "Mano, eu pensei que esse era um OnePlus 9 Pro".

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Como comentado no começo desta matéria, a marca e o modelo do smartphone foram cruciais para o roubo ter dado "errado" — o Galaxy S10+ é um aparelho topo de linha lançado no começo de 2019, ou seja, ele já tem pouco mais de dois anos de vida. Já o OnePlus 9 Pro é o principal celular da chinesa OnePlus lançado neste ano e custa 64.999 rúpias indianas, o equivalente a R$ 4,8 mil em conversão direta para a nossa moeda.

OnePlus 9 Pro é o smartphone mais potente da OnePlus (Imagem: Divulgação/OnePlus)

Claro que não demorou muito para surgiram as piadas com o smartphone da Samsung: um dos seguidores do jornalista respondeu que provavelmente o ladrão não teria gostado de saber que o aparelho roubado era equipado com chip Exynos; outro seguir recomendou que o correspondente trocasse de celular por conta do S10+ supostamente estar "ultrapassado".

Fonte: 91Mobiles

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.